TCE MAIO
(67) 99826-0686

Roberto Jefferson, delator e beneficiário do mensalão, é preso

Mensalão

24 FEV 2014
Dirceu Martins
15h30min
Ainda no domingo, Jefferson curtiu a liberdade em uma Harley Davidson

A Polícia Federal cumpriu nesta segunda-feira (24), mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). Condenado a 7 anos e 14 dias em regime semiaberto pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do mensalão, do qual foi o delator, foi detido e conduzido à Superintendência da PF no centro do Rio de Janeiro.

Agentes da polícia federal que estavam em plantão desde a madrugada de sábado em frente a residência do ex-deputado no município de Levy Gasparian, interior do Estado do Rio de Janeiro, apresentaram a ordem de prisão. Jefferson, após assinar o documento, disse aos jornalistas: "Aqui está o mandado de prisão. Agora vou tomar banho e descer para a PF. Boa tarde e desculpem o mau jeito".

Roberto Jefferson foi figura central do processo e o denunciante do esquema que estava sendo empregado para cooptação de deputados para as hostes do governo Lula, desde 2005. Com seu partido acuado por denúncias de irregularidades nos Correios, controlado pelo PTB, saiu em ataque ao então ministro da Casa Civil, José Dirceu, hoje cumprindo pena como mentor do esquema de lavagem de dinheiro e corrupção.

Veja também