(67) 99826-0686

Com objetivo de resgatar votos brancos e abstenções, Rose recebe apoio de Coronel David

David diz que foi procurado por Trad; tucana se reuniu com Alcides Bernal e aguarda resposta

7 OUT 2016
Rodson Willyams e Dany Nascimento
12h50min
Foto: Geovanni Gomes

A vice-governadora Rose Modesto, do PSDB, da coligação 'Juntos por Campo Grande', realizou entrevista coletiva em que anunciou o apoio ofertado pelo Coronel David, do PSC, para o segundo turno das eleições municipais. O anúncio aconteceu no comitê central tucano com a presença dos políticos.

Ao falar sobre o assunto, Rose destacou o crescimento das alianças. "Nunca pensamos sozinhos começamos com o apoio de sete partidos e agora temos o apoio do PSC. Acredito que vamos fazer um grande trabalho e queremos ver a nossa cidade melhorar. Essa aliança com o Coronel David e com o PSC, só traz pontos positivos para a Capital".

Rose ainda afirmou que, a partir de agora, a missão da sua campanha será buscar os votos da abstenção e brancos. "E mostrar que o projeto do PSDB é o maior, que se encaixa com o que a cidade necessita neste momento".  

A candidata ainda afirmou que não vai 'olhar para o retrovisor' ao ser questionada se as feridas do primeiro turno 'sararam'. "O que passou, passou, e não vou olhar para o retrovisor. Esse é o momento de pensar em Campo Grande".

Alcides Bernal

Rose ainda afirmou que, na segunda-feira (3), o governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, se encontrou com o atual prefeito e candidato derrotado nas eleições para conversar. E que em uma segunda oportunidade, ela própria também se encontrou com Alcides Bernal. "Agora nós estamos aguardando uma resposta se iremos caminhar juntos".

A vice-governadora ainda afirmou que também deve ir atrás dos votos que Bernal teve e dos demais candidatos que não tiveram sucesso na eleições. Destacou também que "é importante desmistificar todas as mentiras que fora ditas. E o que foi implantado no governo será implantado na Capital".

Entre as suas propostas de governo, a candidata destaca que deverá implantar o Programa Cheque Moradia. "Pessoas que têm terrenos e não tem condições de construir nele".

Rose ainda afirmou que, neste segundo turno, ainda deve receber apoio de lideranças nacionais do partido para participar de eventos em Campo Grande. Na lista ainda estaria a presença do ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso. Além de lideranças de partidos coligados que quiserem ajudar na campanha.

PSC

O deputado estadual Coronel David, candidato derrotado do PSC,  disse que a campanha foi 'dura e difícil', mas que pelo que sentiu da população, percebeu o sentimento das pessoas querem ver o desenvolvimento da cidade. "Tentei convencer o eleitorado, mas que neste segundo turno, respeito a posição da população. Diante deste segundo turno, pela amizade que tenho com o Reinaldo Azambuja e com a Rose, não poderia ser diferente e vamos caminhar juntos".

David ainda afirmou que foi procurado pelo oponente de Rose Modesto, Marquinhos Trad, do PSD. Porém, após ver ontem (6) pela mídia, em que Marquinhos declarou que não procuraria Coronel David, o deputado afirmou que o candidato mentiu, uma vez que mandou coordenador e depois na terça-feira o próprio candidato esteve presente no gabinete do deputado.

Coronel David, durante coletiva de imprensa no Comitê Central de Rose Modesto. Foto: Geovanni Gomes. 

"Diante da dificuldade de formar uma aliança, para Marquinhos falta humildade e entender as dificuldades de formar uma aliança. Ontem disse que não me procuraria, mas mentiu sendo que já havia me procurado". Ainda afirmou que Marquinhos deveria saber das dificuldades, uma vez, que são companheiros de parlamento na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Ao final, Coronel David sugeriu a Rose Modesto, que caso seja eleita, crie a Controladoria-Geral do Município. "Essa será uma forma de combater a corrupção no município", finalizou. Rose recebeu a sugestão, mas não comentou o caso.

Veja também