TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 12 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Dengue agosto
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Política

Rose destaca importância dos Procuradores do Estado e ouve reivindicações da categoria

01 julho 2022 - 22h12Por Elizeu Ribeiro

A deputada federal e pré-candidata ao governo do Estado, Rose Modesto (União Brasil) se reuniu nesta sexta-feira (1°) com procuradores e com o presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Mato Grosso do Sul (Aprems), Norton Riffel Camatte, para ouvir quais são as reinvindicações da categoria e o que ela pode fazer caso eleita para melhorar a atuação dos procuradores no Estado. O evento foi realizado na sede da instituição, no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

“É de extrema importância a atuação de vocês (procuradores) na administração do governo. É o procurador que dá a segurança jurídica da gestão do governador. A governadora, o secretariado, não fazem nada sozinhos. No máximo, estão no ordenamento de despesas, nas ideias, mas quem faz a roda girar, ou melhor, quem vai fazer são vocês, servidores. Não existe governo sem vocês”, disse Rose Modesto.

Norton Riffel Camatte explica que quer abrir as portas da Associação aos pré-candidatos ao governo do Estado. A proposta é mostrar a atuação dos procuradores e o trabalho da Procuradoria, que é uma aliada do Estado e do governador para que as ações não estejam na sombra da lei. “Professora Rose, eu gostaria de falar para você que os procuradores são aliados do governante para que ele possa ter tranquilidade nas leis e em seus projetos, para que não caiam na ilegalidade e não se vejam respondendo processo pelo resto da vida”, explica.

Durante a reunião, o procurador Adriano Lima pediu, em nome da Aprems, que se a pré-candidata Rose Modesto for eleita, ela mantenha o cargo de consultor legislativo ocupado por um procurador. Ele esclarece que a manutenção do cargo do procurador do Estado na consultoria legislativa vai trazer mais segurança na atuação do governador, já que é um servidor público que foi talhado para fazer essa análise jurídica de compatibilidade da lei estadual ou da emenda constitucional estadual que está sendo proposta pelo governador.

Ainda durante a reunião, a ex- procuradora-geral do Estado de Mato Grosso do Sul (PGE/MS), Fabíola Marquetti Sanches Rahim, que deixou o cargo para concorrer à vaga no chamado 5º Constitucional do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), agradeceu o empenho da deputada Rose Modesto para a compra e construção da sede pública da PGE em Campo Grande. “Eu quero agradecer agora, em público, o empenho da deputada Rose Modesto junto à Advocacia Geral da União (AGU) para que conseguíssemos avançar nesse processo”, explica Fabíola Rahim.