Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Política

Joseph Climber Pantaneiro: se recuperar direitos políticos, Bernal pode disputar prefeitura

As informações foram dadas pelo presidente do Progressistas MS

12 outubro 2019 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

O radialista e ex-prefeito Alcides Bernal (PP) pode voltar à vida política se recuperar os direitos políticos, cassados em março de 2014, tal qual o personagem humorístico Joseph Climber. A declaração foi realizada pelo deputado estadual Evander Vendramini, presidente regional do Progressistas.

O ex-prefeito está como membro filiado ao partido e, apesar dos atritos internos, Evander diz que não enxerga problema do radialista entrar na disputa pela prefeitura, caso esteja em dia com a Justiça Eleitoral.

“Se ele conseguir recuperar os direitos políticos dele, a gente passa por isso”, disse o presidente do PP-MS.

Dia 22 de novembro, o Partido Progressista realiza um encontro estadual, onde haverá atos de filiação na Capital e interior. O intuito da sigla é lançar candidaturas próprias nos municípios do Estado.

Cassação de Bernal

Alcides Bernal, que é advogado e radialista, foi cassado pela Câmara quando era gestor de Campo Grande em 2014. Ele teve os direitos políticos cassados por 8 anos. 

Após isso, o vice Gilmar Olarte assumiu a prefeitura até 2015, quando a Justiça observou irregularidades na cassação do prefeito e lhe devolveu a cadeira.

Bernal deixou a administração, tentou o cargo no Senado e, por último, em 2018, o cargo de deputado federal. As idas e vindas à Justiça não permitem que o político assuma o cargo de deputado federal na suplência da ministra Tereza Cristina (DEM).

Em 2018, ele obteve 46.734 votos e ficou na segunda suplência para a Câmara. Alcides Bernal teve recurso negado pelo no Supremo Tribunal Federal (STF) e recorreu da decisão.

A cadeira foi ocupada pela terceira suplente Bia Cavassa (PSDB).