TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

Secretária afirma que Bernal irá recorrer do resultado feito pelo STJ

Cassação Bernal

6 MAR 2014
Redação
19h17min
Foto:Geovanni Gomes

Estiveram presentes na coletiva de imprensa da Câmara Municipal, na tarde desta quinta-feira (6), as secretárias municipais da Sedesc, Secretaria  da Mulher e da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande (Agereg). Na ocasião, o presidente da Casa de Leis, Mário César (PMDB) divulgou quais seriam os procedimentos tomados, em razão da suspensão do processo de cassação do prefeito Alcides Peralta Bernal (PP).

 

“Quero destacar que seguiremos todos os ritos do processo de cassação e os trabalhos serão retomados desde o início. A comissão processante já encerrou as atividades, com a entrega do relatório que foi entregue a esta casa. Portanto, a partir de agora avaliaremos a denúncia, o relatório da comissão e iremos marcar a data de julgamento, no prazo máximo de 30 dias”, destacou o presidente da Câmara.

 

Mário César destacou que o objetivo é oferecer maior transparência ao processo e proporcionar todas as chances para que o prefeito de Campo Grande possa apresentar a defesa ao plenário. “Não se trata de perseguição política, mas sim retomar um trabalho que foi iniciado e não terminou. Com o recebimento do telegrama da justiça, o prazo começa a correr a partir de hoje para concluirmos o trabalho”, declarou.

 

Declaração municipal - Segundo a titular da Agereg, Ritva Cecília Vieira, o prefeito irá recorrer da decisão, já que o deferimento aconteceu de forma monocrática, ou seja, feita por apenas um dos ministros do STJ. “O prefeito com certeza irá recorrer, visto que esta decisão não foi aprovada por um colegiado, mas, apenas por um dos ministros do STJ”, comentou.

 

Já o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais (Segov), Pedro Chaves se declarou surpreso com o recurso especial feito pela Câmara, no entanto, entende que a Casa de Leis está apenas cumprindo com sua obrigação de legislativo.

 

Veja também