ALMS junho neocom
Menu
sábado, 19 de junho de 2021
CONFLITO  18 A 20/06/21
Política

Sentou na jaca! Blogueiro terá de pagar R$ 10 mil e se retratar com deputado por fake news

Ele acusou deputado de pagar placa de publicidade com dinheiro público, mas foi desmentido na Justiça e agora corre risco de pagar multa diária

09 junho 2021 - 13h16Por Rayani Santa Cruz

Derrotado na campanha passada quando saiu candidato a vereador, o bolsonarista Rafael Tavares foi condenado pela Justiça de Mato Grosso do Sul a pagar indenização de R$ 10 mil por danos morais após divulgar fake news com acusações ao deputado Fábio Trad.

Ele também foi condenado a se retratar nas redes sociais com determinação de multa diária de R$ 500,00 caso não cumpra a sentença.

Tavares mentiu em publicação e propagou fake news quando acusou o parlamentar de usar dinheiro público para pagar placa de publicidade. Porém, Trad comprovou na Justiça que quitou a placa com cheque da conta pessoal e nota fiscal em seu nome, o que significa que o dinheiro do cofre público não fora utilizado.

Após ‘sentar na jaca’, Tavares terá de publicar o conteúdo nas redes sociais se retratando com o deputado em prazo de cinco dias a contar do trânsito em julgado. A mensagem deverá ter o mesmo tamanho e permanecer pelo mesmo período do agravo.

"Por determinação judicial, extraída dos Autos n. 0826940-58.2020.8.12.0001, informa-se que a mensagem publicada neste mesmo veículo no dia 31 de julho de 2020 continha inverdade que maculou a imagem do Deputado Federal Fábio Trad, pois ficou comprovado no processo que a publicidade em outdoor intitulada O ÚNICO DEPUTADO DO MS ENTRE OS MAIS INFLUENTES DO CONGRESSO NACIONAL não foi paga com dinheiro público"