ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

'Trabalhamos para que os sonegadores caiam fora de MS', diz governador André Puccinelli

Balanço 2013

3 FEV 2014
Vanessa Ricarte
15h30min
André Puccinelli durante solenidade de abertura da ALMS. Foto: Vanessa Ricarte

Hoje pela manhã, durante a abertura dos trabalhos parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o governador André Puccinelli (PMDB) prestou contas dos investimentos e ações de sua gestão em 2013.

Na ocasião, o governador falou sobre o MS Forte 2 - segunda parte de um conjunto de investimentos orientados para, segundo Puccinelli, beneficiar efetivamente os 79 municípios de Mato Grosso do Sul, deixando claro que o objetivo em 2014 é entregar o governo no final do ano com um Plano de Desenvolvimento Regional de Mato Grosso do Sul até 2050.

Sobre seu último ano de governo, Puccinelli declarou que ainda não sabe se vai se licenciar do cargo de governador para disputar as eleições rumo ao Senado. "Vocês vão saber a resposta lá pelo dia 06 de abril", disse à imprensa sobre uma possível candidatura.

Por enquanto, o governador assegurou que em 2014 o foco do seu governo será destinado aos investimentos que seguem um padrão desde o início de sua gestão há 7 anos. "Em 2014, o foco do trabalho no governo continuará sendo a tríade, segurança, saúde e educação. Esses setores irão receber maciços recursos. Atuamos em todas as áreas, porém, direcionaremos mais recursos aos três", pontuou.

Questionado sobre a projeção do aumento da arrecadação em Mato Grosso do Sul de 5.6 para 6 bilhões, Puccinelli explicou que o aumento da fiscalização contribuiu para a previsão do balanço positivo. "Isso se deve à fiscalização intensiva por conta da parceria entre Governo do Estado, Receita Federal e Municípios de MS. Tudo para que os sonegadores caiam fora de MS", disse em tom resoluto.

Veja também