Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Vereador pede que Comissão de Ética investigue Cazuza

15 dezembro 2015 - 12h50Por Izabela Sanchez e Rodson Willyams

O vereador Paulo Siufi (PMDB) pediu à Comissão de ética da Câmara Municipal de Campo Grande que investigue o vereador Cazuza, por suposto envolvimento em esquema de propina para evitar a cassação do atual prefeito, Alcides Bernal (PP).

Siufi sugere que o vereador Cazuza (PP) seria um dos parlamentares e figuras que se reuniam na casa do então motorista de Gilmar Olarte (PP por liminar).

“Vou pedir um requerimento para a mesa diretora para ser investigado”, defendeu. “Também nunca me furtei  a prestar esclarecimento no Ministério Público e na Câmara”, completou.

O presidente da Comissão, vereador Marcos Alex (PT), afirmou que só a fala não é suficiente para que a Comissão de Ética investigue o vereador. “A comissão só poder investigar a partir do momento que for provocada. Precisa alguém protocolar para ser investigado”, afirmou.

Cazuza, por sua vez, declarou que desconhece a residência do motorista citado. “Nunca me encontrei com esse rapaz, não sei onde ele reside e conversei com ele somente uma vez na Câmara sobre uma publicação que teria feito contra o Alcides Bernal (PP) e desconheço essa denúncia”.

Questionado sobre correr o risco de sofrer processo disciplinar, o vereador afirmou que “é necessário haver provas e que falar todos podem falar, mas é preciso ter provas pra poder ser denunciado na Comissão”, concluiu.