(67) 99826-0686
Prestação de contas 17/04 a 26/04/2019

Apesar de proteger Bernal, vereadora 'jura fidelidade' a candidato do PPS

Luiza Ribeiro nega racha, mas afirma que não vai fechar os olhos para os problemas que a cidade herdou de outras gestões

6 SET 2016
Dany Nascimento
16h57min
Foto: Dany Nascimento

Revoltada com os boatos de que não estaria apoiando a candidatura de Athayde Nery (PPS) e caminhando ao lado do prefeito Alcides Bernal (PP), que tenta se reeleger em 2016, a vereadora Luiza Ribeiro afirmou que está apoiando o candidato de seu partido e apenas destacando os problemas que a cidade 'herdou das administrações peemedebistas'.

"O PPS tem candidatura própria que é o Athayde, estou na campanha dele. Meu material tem a marca dele, fazemos reuniões juntos, mas isso não significa que vou fechar os olhos para o que acontece na cidade. Eu não vou deixar de falar, por exemplo, que os Trads, Giroto e André destruíram a malha asfáltica dessa cidade. Não adianta me falar que o Bernal que trabalhou dois anos e destruiu a malha asfáltica porque não foi. Isso pode ser visto como defesa indireta, mas é óbvia constatação", diz a vereadora.

Questionado sobre se posicionar contra a candidatura de Athayde durante a convenção do partido, a parlamentar garante que ali houve divergência e que agora caminha com a vontade da maioria do partido. "Aquilo já foi decidido, minha opinião já é a do coletivo, o partido tem candidatura própria do Ahtayde. Divergir o caminho que deveria tomar não significa não apoiar o partido. Tenho 32 anos de militância, fiz todas as campanhas do partido com minhas próprias pernas".

Luiza afirma que defende a atual gestão quando percebe que o Chefe do Executivo não tem culpa dos problemas levantados. "Depende do fato, eu sempre defendi o que achei lícito, não vou defender Lama Asfáltica, João Amorim, Giroto, essa máfia do Gisa, do Câncer, se eles tem representantes como candidatos e isso conflita com o Alcides Bernal é mera coincidência. A minha luta não é pelo Alcides Bernal e sim por uma política melhor".

Sobre a grande quantidade de buracos que toma conta das ruas de Campo Grande, levando em consideração que diversos motoristas tiveram veículos estragados na Rua João Arino devido a uma cratera que foi aberta, Luiza diz que a secretaria e o prefeito devem ser responsabilizados, já que não sinalizou o local.

"Isso ai está correto, não é o que estou falando, se a secretaria não fechou, ela e o prefeito são responsáveis, não é um buraco, é um monte de buracos, é só olhar o que é aquela rua, não percebemos nas administrações anteriores nenhum combate a corrupção, com esses contratos, eles eram liderados pelo João Amorim. O que a gente vê com Bernal, são quase 20 ruas que estão com licitações para recapeamento, convênio com exército para recuperação de vias, não estamos fazendo a campanha do Bernal, mas tratando os fatos como eles são. Há menos de um ano ele deu direcionamento diferente do que deram em oito anos", afirma a vereadora.

Veja também