Menu
domingo, 16 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Vereadores acabam com trégua e dizem que 'Capeta bateu rabo' na Capital

03 novembro 2015 - 11h40Por Mariana Anunciação e Rodson Willyams

Após o discurso sobre “manter diálogo” em prol de Campo Grande, com união entre os poderes Executivo e Legislativo, nesta terça-feira (3) os vereadores soltaram o verbo e foram unânimes em criticar a atual gestão do prefeito Alcides Bernal (PP). "Parece que o capeta bateu o rabo em Campo Grande", foi a frase do petista Ayrton Araújo, ao criticar a atuação da Prefeitura da Capital.

O vereador Carlão (PSB) subiu na tribuna para falar a respeito dos recursos federais, sobre as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) que estão paradas na Capital. "A cidade está desguarnecida por falta de competência. Tem ocorrido várias enchentes”, criticou.

Chiquinho Telles (PSD) aproveitou o  gancho para “cutucar” o atual secretário de obras, Amilton Candido de Oliveira. “Ele não sabe nem quantos bairros têm em Campo Grande e quando veio aqui em audiência na Câmara não soube responder nada. O secretário tirou todas as máquinas e manilhas das Moreninhas. A inundação lá é grande e atinge inclusive a rodovia”, afirmou.

Já Carla Stefanini (PMDB) emendou dizendo que a cidade morena padece desde 2013, em processo que seguiu em 2014 e 2015. “Esses recursos federais não vão ficar na conta. Precisa ser definido. A gestão atual tem que dar continuidade aos trabalhos deixados pelas anteriores”, alertou a parlamentar.

Paulo Siufi (PMDB) foi um dos mais críticos ao dizer que a Câmara Municipal não esta de mãos dadas com o executivo. “Esse tapa-buracos feito pelo prefeito, esse sim, é fantasma. Gratuito, ninguém faz nada de graça. Nós não sabemos de nada e não temos informações sobre esse tal acordo. Há dois meses o Bernal voltou como injustiçado, mas passou o tempo e nada foi feito”, disse.

Para o parlamentar João Rocha (PSDB), Bernal estaria prejudicando a imagem deles. “Toda a entrevista é isso. Bernal falando que a culpa é dos vereadores. Vamos lutar sob pena de sermos massacrados. Para de falar e vamos trabalhar de forma mais objetiva”, mandou recado ao prefeito.

Para finalizar, Ayrton Araújo do PT usou a palavra e desabafou. "Parece que o capeta bateu o rabo em Campo Grande" ao fazer dura crítica à administração do Bernal.