ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Vereadores acreditam em mudanças com atuação do Pedro Chaves

Luz no fim do túneo

12 NOV 2013
Juliene Katayama
13h49min
Foto: Juliene Katayama

Com a atuação do secretário de Governo, Pedro Chaves, os vereadores acreditam na mudança de relacionamento do Legislativo com o Executivo. A maior reclamação era a falta de diálogo, mas o secretário está conseguindo criar essa ponte e abrindo possibilidade de construção da governabilidade.

Segundo informações, os primeiros procurados foram o PTB, PDT e PSB, além do PSDB. Reuniões já foram feitas com as lideranças desses partidos. Pedro Chaves ficou incubido de passar as reivindicações para o prefeito Alcides Bernal (PP) para acertarem os ponteiros e aumentar a base aliada.

O vereador Edson Shimabukuro (PTB) disse que a aliança com o PTB depende da abertura de espaço, além de outros pedidos. "Queremos um agência a nível de secretaria. Também queremos que os engenheiros demitidos, porque são filiados do PMDB, sejam recontratados", afirmou o vereador.

Carlão (PSB) questiona se o secretário terá autonomia para negociar com os potenciais aliados. "Ele está conversando. Está dando respeito com o Legislativo. Mas tudo que foi dito ele respondia: vou ver com Bernal", disse. Carlão ainda alertou a possibilidade desta falta de autonomia ficar ruim para o secretário. "Tem de ter respaldo do prefeito para não sair como mentiroso", pontuou.

O tucano João Rocha disse ainda que o secretário terá de correr contra o tempo para conseguir mudar a situação política do prefeito. "Se não tiver autonomia fica difícil. Já estamos atrasados, tem que agir", resumiu.

No entanto, Pedro Chaves disse que está vivendo uma "lua-de-mel" com o prefeito. "Cheguei há uma semana. Por enquanto tudo que eu peço está atendendo", defendeu.

Já Paulo Pedra (PDT) disse que ainda não foi fechado nenhuma aliança. "Quando tiver alguma coisa eu aviso vocês (imprensa)", ressaltou.

Veja também