Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Política

Vereadores aprovam dois projetos e nesta quarta votam mais três

No gás

05 fevereiro 2014 - 07h50Por Marcelo Villalba

Nesta terça-feira (4), primeiro dia de trabalho na Câmara Municipal de Campo Grande, teve dois projetos aprovados pelos vereadores.

Em Plenário foi aprovado o Projeto de Lei n° 7.502/13, de autoria do vereador Ayrton Araújo do PT, dispõe sobre o serviço de fisioterapia domiciliar no âmbito do município de Campo Grande e dá outras providências.

 E também o Projeto de Lei n° 7.503/13, de autoria do vereador Otávio Trad, que dispõe sobre o parcelamento das multas aplicadas pela Prefeitura Municipal de Campo Grande-MS.

 Hoje (5) três Projetos estão pautados para serem discutidos e votados em segundo turno.

O primeiro a ser votado é o Projeto de Lei n° 7.539/13, de autoria da vereadora Professora Rose, que dispõe sobre a disponibilização de espaço físico para a instalação de postos de atendimento do Procon, nos locais que especifica, e dá outras providências.

Outro que será discutido é o Projeto de Lei n° 7.546/13, de autoria do vereador Edil Albuquerque, sobre a alteração de denominação da Rua Azurita, localizada no Bairro Carandá Bosque para Dario Dibo Nacer Lani.

Por fim, um projeto de autoria dos vereadores Carlão, Professora Rose, Luiza Ribeiro, Carla Stephanini e Juliana Zorzo,  que institui o "Outubro Rosa", dedicado a ações preventivas à integridade da saúde da mulher no município de Campo Grande.

Leia Também

Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Cidade Morena
Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande
Cidade Morena
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande
Bêbado: advogado que matou PM no trânsito ganha liberdade em Campo Grande
Cidade Morena
Bêbado: advogado que matou PM no trânsito ganha liberdade em Campo Grande