Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Política

Para evitar sessão extra, vereadores trabalham no fim de semana para adequar PPA e LOA

Contra o tempo

14 dezembro 2013 - 07h58Por Juliene Katayama

A relatora do PPA (Plano Plurianual), vereadora Carla Stephanini (PMDB) afirmou que o fima de semana será de muito trabalho para adequar o projeto para entrar em votação na próxima terça-feira (17) e, assim evitar o pedido de mais sessão extraordinária para concluir a votação. Depois de aprovado o PPA - em duas votações - será a vez do Orçamento.

"Tivemos um atraso pela demora da adequação do projeto por parte do Executivo. Estamos fazendo de tudo para cumprir os prazos da votação dentro do cronograma, para isso teremos muito trabalho no fim de semana", afirmou Carla.

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal já pediu sessão extraordinária sem remuneração para terça, logo após a sessão ordinária para realizar a segunda votação do PPA. A pressa da aprovação do projeto está diretamente ligada à votação do Orçamento, marcada para quinta-feira (19).

Correções - Segundo Carla, o fase de correção mais difícil do PPA já passou. O PPA foi entregue pela Prefeitura de Campo Grande dentro do prazo legal, mas o projeto não estava de acordo com as normas legais. Os pontos fundamentais não foram incluídos no projeto. Entre eles, a vereadora ressalta as metas e indicadores. As metas são a programação, o planejamento dos programas das secretarias. Já os indicadores são as razões para produzir os programas. 

Com as falhas apresentadas, Carla disse que a diferença entre a despesa e a receita para os dez programas das secretarias soma cerca de R$ 280 milhões. 

Adequações - Agora, Carla está analisando as emendas dos vereadores para incluir no projeto. Foi decidido que cada vereador poderia apresentar até 16 emendas ao PPA. "Agora estamos fazendo as adequações das emendas e verificando as semelhantes e por tema", explicou a relatora.