Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Política

Vereadores voltam à sessão sob vaias de manifestantes

Comissão Processante

26 dezembro 2013 - 17h06Por Carlos Guessy e Lucas Arruda

A Câmara Municipal conseguiu reverter a decisão do vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador João Batista da Costa Marques, que concedeu liminar suspendendo a votação da Comissão Processante.

Com isso, a votação do relatório final da Comissão Processante que pode cassar o prefeito Alcides Bernal (PP) acaba de voltar ao plenário.

 

Os vereadores saíram depois de horas de reunião em sala trancada, escoltados pela guarda municipal sem falar com a imprensa.

Neste momento os manifestantes gritam palavras de ordem "Povo unido, jamais será vencido". Os populares vaiam os vereadores.

Cerca de 200 manifestantes favoráveis a Bernal estão na Câmara e há um cordão de isolamento feito pelos policiais militares para separá-los dos vereadores, inibindo qualquer tentativa de impedir a realização dos trabalhos legislativos.

 

Na sala da Presidência da Câmara estava 23 vereadores, aguardando a chega do documento oficial que cassou a liminar.

O presidente da Câmara, vereador Mario Cesar (PMDB) avisou que tem quórum suficiente na Câmara para reiniciar a sessão.

 

Leia Também

Idoso morre no hospital nove dias após cair do telhado
Interior
Idoso morre no hospital nove dias após cair do telhado
Para evitar superlotação, Justiça Eleitoral muda locais de votação em Campo Grande
Cidade Morena
Para evitar superlotação, Justiça Eleitoral muda locais de votação em Campo Grande
Donos da rua? Material de construção toma rua e atrapalha motoristas
Cidade Morena
Donos da rua? Material de construção toma rua e atrapalha motoristas
Velório de PM morto no trânsito é marcado por gritos de tristeza em Campo Grande
Cidade Morena
Velório de PM morto no trânsito é marcado por gritos de tristeza em Campo Grande