(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Zeca não descarta vice do PDT, mas insiste em chapa pura

Acordos possíveis

5 MAR 2014
Marcelo Villalba e Dirceu Martins
12h00min
Foto: Geovanni Gomes

Antes do recesso de Carnaval, o vereador Paulo Pedra reafirmou o compromisso do Partido Democrático Trabalhista (PDT)  com o Partido dos Trabalhadores (PT).  Pedra mostrou que há interesse do partido em indicar o nome para o vice do senador e pré-candidato petista ao governo do Estado, Delcídio do Amaral, nas eleições deste ano.

Segundo Paulo Pedra, o nome mais indicado seria do empresário Adão Parizotto, pedetista que fez a doação do terreno para o Hospital Regional de Dourados. Por outro lado, o verador Zeca do PT defende a tese de que o partido deve escolher algum nome ligado aos movimentos trabalhistas, mas não descarta o nome indicado por Pedra.

"O partido tem que pleitear espaço. A  vinda do PDT, essa deliberação do partido que fica com a gente, é muito bom", afirma Zeca.

Em referência ao PDT, Zeca enfatizou a longa e histórica política ao lado do PT,e lembrou a importância do partdo que foi fundado pelo eterno líder político Leonel Brizola.  "Aqui no Estado [o PDT] tem uma das grandes cabeças que é o Dr. Schimidt. O que me alegra muito o espírito em saber que vamos caminhar juntos novamente", comenta.

Independente disso, o lado radical de Zeca fala mais alto. Sem deixar de destacar a tática do PDT, de indicar nomes que representem Dourados, a segunda maior cidade do Estado.   "Não sei, acho que é uma tática importante indicar alguém de Dourados, mas temos que sentar e negociar ainda esse espaço do vice".

Em defesa de suas ideias, Zeca acredita que um dos nomes fortes do setor trabalhistas no Estado, seria de Roberto Botarelli, presidente da Federação de Trabalhadores de Educação em Mato Grosso do Sul (Fetems). "Ele é filiado ao PT,  tem uma representatividade importante em vários municípios

"Tenho discutido teses, ideias, acho que a vice teria que ser de qualquer partido aliado ao nosso partido, mas que tenha envolvimento com os chamados movimentos sociais. Acho isso. Tinha indicado o nome do Roberto Botarelli, que é filiado ao PT e presidente da principal federação de trabalhadores do estado, que é a Fetems, com sindicatos em todos os municípios, que é importante. Temos que abrir discussão com todos os aliados sobre essa ideia", discorreu Zeca do PT.

Veja também