(67) 99826-0686

Sem nem gasolina para ambulância, jovem pede ajuda para tio acidentado

Sistema de saúde do país vizinho não forneceu o material

10 SET 2019
Thiago de Souza
07h00min
Foto: Repórter Top

Nathalia Cristado, 32 anos, pede ajuda para o tio paraguaio, Anibal Cristaldo, colocar uma placa no braço fraturado, na sexta-feira (6), na cidade paraguaia de Bella Vista , divisa com Bela Vista, em MS. 

O sistema de saúde do país vizinho não forneceu o material e Cristaldo não tem documentos adequados para se tratar em solo brasileiro, por isso o pedido de doações.  

A sobrinha conta que o valor da placa é de R$ 4 mil, mas o tio é carente e faz o tratamento em Pedro Juan Caballero. Ela detalhou que a cidade onde o parente mora é tão carente que foi preciso bancar a combustível da ambulância de Bella Vista até Pedro Juan.

Parte da família - irmã e sobrinha de Cristaldo - moram em Campo Grande. Elas até criaram uma vaquinha on line, que pode ser acessada clicando aqui.

O telefone para informações a doações é: 67 9 9148-2992.

Veja também