SOLURB JULHO 4

quinta, 18 de julho de 2024

Busca

quinta, 18 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 1 mês

Após 3 AVCs, Cida luta para tratar sequelas da doença e precisa de tratamento urgente

Derrame a deixou com uma paralisia facial, com deficiência auditiva e trombose ocular

Cida Borges, de 55 anos, enfrenta uma batalha pela saúde. Acometida por três derrames, com o último deixando sequelas graves, ela luta para vencer as sequelas de três AVCs (Acidente Vascular Cerebral) e precisa de tratamentos e cirurgias urgentes.

O último derrame a deixou com uma paralisia facial, com deficiência auditiva e trombose ocular, que prejudicou a visão. Desde então. ela aguarda uma avaliação cirúrgica para voltar a enxergar melhor. 

Além disso, Cida lida com diabete, pressão alta e problemas renais que se agravaram por estar tomando tantos remédios. Ela também descobriu durante o tratamento do AVC que possui endometriose.

A endometriose é uma modificação no funcionamento normal do útero. Quem sofre da doença tem dores intensas. Como o quadro clínico da Cida nunca foi tratado, o útero está maior do que o normal, sendo necessário um procedimento cirúrgico para retirada do órgão.

Com uma situação de saúde desafiadora, Cida enfrenta as longas filas de espera no SUS (Sistema Único de Saúde), no aguardo de consultas e cirurgias. Enquanto aguarda, ela busca ser encaminhada para as consultas e cirurgias por especialista através da taxa social.

Ela também faz alguns tratamentos gratuitos na Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) para a paralisia facial, porém as outras questões de saúde foram avaliadas em mais de R$ 30 mil pelo médico. Sem tempo para esperar e precisando das cirurgias urgentemente, ela realiza uma vaquinha para arrecadar valores suficientes para o tratamento.

O esposo da Cida tem deficiência física e neurológica devido a uma paralisia cerebral. Ele é aposentado, porém, benefício é insuficiente para cobrir os próprios medicamentos.

Cida, que já dedicou a vida ao serviço social, também precisou se afastar do trabalho por conta do AVC e agora precisa de ajuda. A vaquinha visa arrecadar fundos para cobrir consultas, tratamentos e as cirurgias necessárias.

Sem poderem trabalhar devido à doença e com a situação financeira difícil, o casal também pede doações de alimentos. Toda doação é bem-vinda e pode ser realizada diretamente na casa do casal, localizada na Rua José Alves Cedrão, n.º 20, bairro Izabel Garden.

Quem puder ajudar financeiramente na recuperação da saúde de Cida, a vaquinha pode ser acessada clicando aqui. Mais informações podem ser obtidas pelo número (67) 99112-3098.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO