TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Saúde

Após morte por coronavírus, secretário pede para população ficar em casa em MS

Apesar da notícia triste, Resende reforça que ainda não há transmissão comunitária no Estado

31 março 2020 - 15h25Por Diana Christie
Após morte por coronavírus, secretário pede para população ficar em casa em MS

Em coletiva de imprensa para detalhar a primeira morte pelo novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, destacou que não há transmissão comunitária do covid-19 no Estado, mas fez um apelo para que a população fique em casa.

“Depois de três meses de combate rigoroso com as secretarias municipais e com as outras secretarias esse é o primeiro caso, o que mostra que, apesar disso, as medidas estão dando certo. [...] Fiquem casa. Este é o melhor caminho”, reforçou.

A primeira vítima fatal do Estado trata-se de Eleuzi Silva Nascimento, 64 anos, residente do município de Batayporã, que estava internada no Hospital Cassems de Dourados. A paciente contraiu o coronavírus através do contato com duas irmãs que chegaram da Bélgica, dias antes do início de sintomas de Eleuzi. Uma das duas estava com o vírus, mas assintomática.

“A vítima veio a falecer há poucas horas. Ela foi atendida dia 16 e permaneceu em Nova Andradina até o dia 23 e depois transferida a Dourados e apesar de todos os cuidados da equipe técnica que a assistiu, ela veio a óbito”, lamenta o titular da SES, Geraldo Resende.

Secretário Geraldo Resende - Foto: Chico Ribeiro

Segundo a Secretaria de Saúde, a vítima tinha pneumopatia crônica, o que pode ter contribuído com a grave evolução do quadro.

Mato Grosso do Sul tem 44 casos confirmados de coronavírus e monitora 51 casos suspeitos da doença.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 524 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 429 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19 e onze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.