Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Saúde

Atualização de dados do registro facilitará encontro de doadores

Medula

26 janeiro 2014 - 12h48Por Agência Brasil

O Centro de Transplante de Medula Óssea (Cemo) do Instituto Nacional de Câncer (Inca) está atualizando o banco de dados do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), para facilitar o encontro do doadores. Segundo o diretor do Cemo, Luis Fernando Bouzas, também coordenador do Redome e do Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea, a atualização é feita em conjunto com os hemocentros e as instituições responsáveis pelos cadastros.

De acordo com o médico, ao fazer a inscrição, muitas pessoas dão informações imprecisas sobre telefone, Código de Endereçamento Postal (CEP) e até sobre a cidade onde moram. “E, quando vamos buscar esse doador na hora da seleção definitiva, isto é, na hora em que precisamos fazer o transplante, muitas vezes, o dado não está completo e fica difícil encontrar o doador. Acha-se o doador no sistema, acha-se a característica genética dele, mas o endereço está incompleto”. Por isso, é preciso fazer bem o cadastro no Redome, com as informações corretas, para que o doador seja encontrado com facilidade.

Bouzas explicou que, para a doação voluntária, é preciso estar em bom estado de saúde. “O doador não pode correr nenhum risco”. Para fazer parte do cadastro, a pessoa deve ter de 18 anos a 55 anos e não sofrer doenças infecciosas, sanguíneas ou câncer. “Porque são doenças que podem ser transmitidas por meio do transplante”, alertou o médico. HIV, hepatite, sífilis, mal de Chagas e malária estão entre as doenças transmitidas pelo sangue que impedem uma pessoa de se tornar doadora de medula óssea. “São fatores limitantes para a doação de medula”.

Durante a gravidez, as mulheres não podem fazer a doação – é preciso esperar o bebê nascer. Outra exemplo de situação que impede a pessoa de ser doadora é a de alguém que se cadastrou aos 45 anos e, dez anos depois, ao ser selecionada, descobriu que está com câncer de próstata, doença cardiovascular ou diabetes descontrolado, disse Bouzas. A seleção de doadores segue regras internacionais.

Leia Também

Bebê de um mês de vida morre após ser espancado pela mãe
Geral
Bebê de um mês de vida morre após ser espancado pela mãe
Mulher abandona o bebê no hospital após ele ser infectado pelo coronavírus
CORONAVÍRUS
Mulher abandona o bebê no hospital após ele ser infectado pelo coronavírus
Mãe acredita que ciúmes motivou padrasto que decapitou bebê
Geral
Mãe acredita que ciúmes motivou padrasto que decapitou bebê
Amigos e familiares de PM morto no trânsito pedem expulsão de advogado
Cidades
Amigos e familiares de PM morto no trânsito pedem expulsão de advogado