Menu
quinta, 06 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Saúde

Campanha de vacinação contra o sarampo é lançada em Campo Grande

Até o momento, foram notificados 23 casos da doença na Capital

07 outubro 2019 - 11h31Por Da redação/PMCG

Nesta segunda-feira (7), aconteceu o lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, em evento realizado na Escola de Saúde Pública (ESP), que contou com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, profissionais da área e autoridades municipais e estaduais, além do presidente do Rotary Club de Campo Grande, Lucimar Lacerda de Melo.

Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses e 4 anos e 29 dias. As doses estão disponíveis nas 69 unidades básicas e de saúde da família de Campo Grande. O ministro destaca que a prioridade para este grupo justifica-se porque, como provavelmente não receberam a segunda dose da vacina, seus filhos acabam apresentando um sistema imunológico mais vulnerável à doença.

“É importante que os pais ou responsáveis estejam atentos ao calendário e se sensibilizem sobre a importância da imunização para às crianças. Há tempos não tinhámos casos registrados de doenças como o Sarampo que até então eram tratadas como erradicadas, portanto nós fazemos este apelo”, pontou.

A vacinação contra o sarampo acontece há mais de um mês no município nas crianças com idades entre seis meses a menores de um ano que, como forma de proteção do surto que acontece em vários estados do país, devem tomar a dose zero.

Os pais de crianças com menos de cinco anos e que não sabem confirmar se possuem ou não a segunda dose da vacina devem ir até uma unidade de saúde básica ou da família da cidade com o cartão de vacinação nas mãos para confirmar a necessidade de uma revacinação. A campanha irá se estender de 7 a 25 de outubro, com um “Dia D” no dia 19, onde todas as unidades estarão abertas para a imunização das crianças.

Em uma segunda etapa, essa para pessoas entre 20 e 29 anos de idade, a imunização acontece entre 18 e 30 de novembro, sendo o último dia definido como a principal data para essa faixa etária. As crianças entre seis meses e menores de um ano continuarão sendo imunizadas, conforme orientação do Ministério da Saúde e respeitando os locais referenciados para cada faixa de idade.

Nos principais dias de ação, que acontecerão em sábados, todas as unidades ficarão abertas o dia inteiro. Além da vacinação contra o sarampo, as crianças que estiverem com doses pendentes e que os pais levaram o cartão de vacinação, terão a vacinação regularizada.

Casos

Em Campo Grande, até o momento, foram notificados 23 casos da doença, sendo 18 descartados, 4 em investigação e 1 confirmado, de uma criança de 10 meses que contraiu a doença no estado de São Paulo.

Leia Também

Diretor do Instituto Butantan estima que vacina contra covid fique pronta até outubro
Geral
Diretor do Instituto Butantan estima que vacina contra covid fique pronta até outubro
Loester Trutis usou do cargo para desacatar servidores e denúncia vai para PGR
Cidade Morena
Loester Trutis usou do cargo para desacatar servidores e denúncia vai para PGR
Prefeitura leva saúde bucal para indígenas na saída para Aquidauana
Cidade Morena
Prefeitura leva saúde bucal para indígenas na saída para Aquidauana
Por causa da covid, estado de emergência é oficializado em Nioaque
Cidades
Por causa da covid, estado de emergência é oficializado em Nioaque