Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Saúde

Casa da Mãe Gestante pede ajuda com doações de fraldas e itens de higiene pessoal

Projeto acolhe, gratuitamente, mães de bebês nascidos na Maternidade Cândido Mariano que não tem condições de arcar com os custos para acompanhar seus filhos internados

04 outubro 2019 - 10h29Por Da redação/Assessoria

Um projeto que visa acolher, de forma gratuita, as mães de bebês nascidos na Maternidade Cândido Mariano, geralmente do interior do Estado, que não tem condições de se hospedarem na Capital ou arcar com os custos de deslocamento diário até o hospital para acompanhar seus filhos internados. Esta é a Casa da Mãe Gestante, que agora solicita de doações de produtos de higiene para as mães e fraldas para os recém-nascidos.
 
O espaço foi inaugurado no ano de 2003 e tem capacidade de até 10 camas para as mães que necessitam de acolhimento. Porém, o projeto depende da ajuda financeira de pessoas e empresas para se manter, principalmente porque muitas puérperas se hospedam totalmente sem dinheiro ou auxílio e algumas levam apenas a roupa do corpo para o hospital.
 
De acordo com a assistente social da Maternidade Cândido Mariano, Taline Mara Ricardino, o objetivo principal é oferecer acolhimento humanizado. “A mãe chega para dar à luz na maternidade e se ele precisa ficar mais dias para acompanhar o recém-nascido, que muitas vezes fica internado na UTI Neonatal, é oferecido um espaço para ela se hospedar. Em alguns casos ela não está preparada para passar semanas ou até meses longe de casa e é pega de surpresa”, afirma.
 
Durante o tempo de hospedagem são oferecidas às mães orientações de saúde e autocuidado, tudo com acompanhamento especializado. “As puérperas também têm liberdade de sair e voltar quando quiserem, de assistir TV, receber visitas nos horários estabelecidos pela maternidade e, principalmente, conhecer outras mães para trocar experiências e fazer amizade”, revela a profissional.
 
Já a outra assistente social da Maternidade, Camila Madeira Freire Matos, explica que os itens básicos de higiene estão sendo racionados e por isso existe a necessidade de doações. “Paras as mães, nós precisamos de sabonetes, cremes dentais, escovas de dente, shampoos, condicionadores, cremes para o corpo e desodorantes. Já para os bebês, necessitamos de fraldas e sabonetes líquido”, diz.
 
Vale ressaltar que não serão aceitas doações em dinheiro e, no caso dos recém-nascidos, não serão recebidos sabonete em barra por conta do risco de contaminação. Para ajudar as mães e os bebês doando fraldas e produtos de higiene é só entrar em contato com o serviço social da Maternidade Cândido Mariano, por mensagem ou ligação, pelo número (67) 99830-9975.
 
Maternidade
 
A Maternidade Cândido Mariano, localizada em Campo Grande, é referência nacional em Ginecologia obstetrícia e UTI Neonatal. Há 81 anos, faz parte do momento mais importante na vida dos sul-mato-grossenses, que é o nascimento. Sua meta é o cuidado com excelência, modernização e segurança, além do compromisso com o bem-estar de todos que procuram a instituição. Maternidade Cândido Mariano.