TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Saúde

Cloroquina já está disponível a pacientes de covid-19 em Mato Grosso do Sul

“Agora, precisamos que a população também faça a sua parte, adotando o isolamento social, uso de máscaras e ações de higiene”, disse Resende

15 julho 2020 - 11h43Por Nathalia Pelzl

A cloroquina 150 mg e hidroxicloroquina 400 mg, dois medicamentos que podem ser utilizados, a critério médico, no tratamento de pacientes da covid-19, já estão sendo distribuídos em Mato Grosso do Sul.

De um total de 16 mil comprimidos de cloroquina recebidos do Ministério da Saúde, 13.406 já foram entregues aos municípios. O Estado já solicitou mais 15 mil comprimidos da cloroquina e adquiriu, com recursos próprios, 119.460 unidades de hidroxicloroquina.

De acordo com a Resolução 61 da CIB (Comissão Intergestores Bipartite) e da Secretaria de Estado de Saúde (SES), as Secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis por solicitar e realizar a distribuição desses medicamentos no âmbito ambulatorial ou hospitalar, da rede pública e privada, de acordo com critérios médicos adotados, além dos números de casos notificados e confirmados para Covid-19 de cada município.

“Nossa principal preocupação é salvar vidas. Estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para que nenhum sul-mato-grossense venha a perecer por falta de atendimento ou tratamento adequado. Estamos fazendo desde treinamento dos profissionais da saúde até a distribuição de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) como máscaras, aventais, gorros e luvas, álcool 70.º, ou mesmo a compra ou recebimento em doação de leitos hospitalares, UTI’s e outros aparelhos”, afirmou secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

“Além de distribuir a cloroquina e a hidroxicloroquina aos municípios, é importante lembrar que fizemos repasse de recursos próprios ou do governo federal para os municípios e hospitais em valores consideráveis para custeio das ações de combate ao coronavírus”, salienta Geraldo. “Agora, precisamos que a população também faça a sua parte, adotando o isolamento social, uso de máscaras e ações de higiene”.