Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
Top Ms
Saúde

Com demanda em alta, Governo do Estado estuda criar 'Caravana para Ostomizados'

Ao todo, são mais de 600 pacientes no Estado e a ideia é realizar cirurgias de reversão

17 junho 2019 - 11h28Por Luis Abraham e Maressa Mendonça

Em visita a Caravana da Saúde no Hospital Regional Rosa Pedrossian (HRMS) em Campo Grande, o secretário da Saúde, Geraldo Resende, disse que o Governo tem intenção de criar um mutirão para os ostomizados. Ao todo, são mais de 600 pacientes no Estado e a ideia é realizar cirurgias de reversão. Ainda não há uma data definida para isto. 

A oferta dos produtos  para ostomizados pelo Estado está deficiente desde o ano passado, o que motivou o MPE (Ministério Público Estadual) a entrar com uma ação para obrigar o governo a fornecer esses medicamentos. 

O TopMídiaNews publicou reportagens sobre as consequências da falta das bolsas de colostomia no Estado. Dentre os casos, os de pacientes com crises de alergia e outros problemas graves em decorrência da falta dos produtos. 

Resende afirmou que um convênio com a CER Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) no valor de R$ 2,5 milhões foi firmado na última semana para regularizar a situação dos pacientes ostomizados. Ele disse ainda que haverá um cronograma para evitar que os materiais acabem novamente.