TJMS JANEIRO
Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Saúde

Iagro aumenta em 19% o controle do transmissor da Raiva no 1º semestre de 2015

06 outubro 2015 - 14h34Por Assessoria de Imprensa

Tendo em vista que o morcego hematófago (Desmodus rotundus) popularmente conhecido como morcego vampiro, é o principal transmissor da Raiva aos Herbívoros (bovídeos, equídeos, ovinos, caprinos), a IAGRO atua de forma preventiva visitando propriedades rurais na busca de possíveis abrigos para captura e controle da população destes transmissores.

Além disso, são realizadas a orientações e educação sanitária dos envolvidos nestes locais.

Em 2014 foram capturados e controlados 1123 morcegos hematófagos, já neste primeiro semestre de 2015 foram controlados 1336 morcegos. A média dos últimos 3 anos foi 95% superior à média dos 5 anos anteriores a estes. Isso tem por consequência a diminuição de focos da doença que até junho de 2015 foram apenas 7 com morte de um total de 55 animais.

Em casos da presença de animais com sintomatologia nervosa é importante que o produtor ou responsável pela propriedade não manipule o mesmo e comunique o Escritório da IAGRO mais próximo de sua propriedade. Vale lembrar que a Raiva é uma doença transmitida dos animais para o homem e é FATAL, ou seja, pode levar a morte.


Além disso, toda vez que os moradores da área rural encontrarem animais com marcas de sugadura por morcegos hematófagos e/ou tiverem conhecimento de abrigos com morcegos, comunicarem a IAGRO mais próxima e não manusearem estes animais. Caso qualquer pessoa entre em contato com animal suspeito ou venha a ser agredido por morcegos, cães, gatos, procurar imediatamente um Posto de Saúde.


OBS: é importante ressaltar que a Raiva é uma Zoonose que não tem cura total, portanto todo animal suspeito de doença nervosa deve ser avaliado por médico veterinário ou um fiscal do Serviço Oficial, pois estes são devidamente treinados e vacinados.