Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Saúde

Justiça federal proíbe governo de veicular campanha contra isolamento social

O Planalto também é obrigado a promover uma campanha de informação sobre as formas de transmissão da covid-19

28 março 2020 - 09h58Por Vinícius Squinelo, com BBC Brasil

A Justiça Federal proibiu na manhã deste sábado (29) o governo federal de veicular a campanha "O Brasil não pode parar" contra as medidas de isolamento social adotadas por Estados brasileiros nas últimas semanas.

A decisão em caráter liminar foi tomada pela juíza Laura Bastos Carvalho em resposta a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público.

A juíza ordena que o governo se abstenha de divulgar peças publicitárias desta campanha ou qualquer que "sugira à população brasileira comportamentos que não sejam estritamente embasados nas diretrizes técnicas, emitidas pelo Ministério da Saúde, com fundamento em entidades científicas de notório conhecimento no campo de epidemiologia e de saúde pública".

Isso se aplica a todos os perfis oficiais vinculados ao governo federal em redes sociais, aplicativos de mensagens ou qualquer outro canal digital.

O governo deve ainda, em até 24 horas, divulgar em canais de comunicação físicos ou digitais uma nota em que reconhece que a campanha não está embasada em informações científicas e que, portanto, seu conteúdo não deve ser seguido pela população ou por autoridades como embasamento para decisões relativas a medidas de saúde pública.

O Planalto também é obrigado a promover uma campanha de informação sobre as formas de transmissão da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, seguindo as recomendações técnicas atuais, no prazo de 15 dias

Leia Também

Marquinhos acompanha desinfecção de ruas no Los Angeles: 'batalha contra a covid é diária'
Cidade Morena
Marquinhos acompanha desinfecção de ruas no Los Angeles: 'batalha contra a covid é diária'
Tragédia no Líbano já tem 78 mortos e 4 mil feridos
Geral
Tragédia no Líbano já tem 78 mortos e 4 mil feridos
2ª Turma do STF anula delação de Palocci contra Lula: 'Moro foi imparcial'
Geral
2ª Turma do STF anula delação de Palocci contra Lula: 'Moro foi imparcial'
Thammy Miranda diz que ignora ataques na internet: 'não tenho saco pra isso'
Geral
Thammy Miranda diz que ignora ataques na internet: 'não tenho saco pra isso'