Menu
terça, 24 de novembro de 2020
PREVENÇÃO

Novembro Azul: cerca de 65 mil brasileiros podem ser acometidos pelo câncer de próstata

O número de casos teve aumento de 29%, se comparado com o mesmo período do ano anterior; a perda da função sexual é uma das maiores preocupações dos homens em relação a doença

16 novembro 2020 - 17h05Por REDAÇÃO

Nesta terça-feira, é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Segundo o Instituto Nacional de Câncer – Inca, a estimativa é que por ano cerca de 65 mil brasileiros serão acometidos pela doença. A incidência é maior entre homens de 65 anos ou mais. Contudo, recomenda-se que todas as idades fiquem atentas aos cuidados preventivos e possíveis fatores de risco como histórico familiar.

Existe um medo muito grande dos homens em relação ao tratamento por acreditarem que possa levá-los a impotência sexual. No entanto, esse é um risco que afeta uma pequena parcela dos pacientes e está muito relacionado a idade e ao processo de envelhecimento do homem.

O médico oncologista e professor de Oncologia Clínica na Universidade de Santo Amaro (Unisa), Hezio Jadir Fernandes Junior, alerta para a necessidade do diagnóstico precoce e tratamento.

Hezio Jadir Fernandes Junior - MÉDICO

 

“Com a pandemia muitos estão deixando de realizar exames preventivos, por isso, mais do que nunca é importante esclarecer e conscientizar a população sobre a doença e como o diagnóstico de forma precoce e o tratamento adequado podem ajudar no processo de cura”, ressalta o médico.

 

Leia Também

Homem é flagrado se masturbando em ônibus, pula catraca e foge
Polícia
Homem é flagrado se masturbando em ônibus, pula catraca e foge
Pai diz que filho agiu em legítima defesa e matou Everton após apanhar no Caiobá
Polícia
Pai diz que filho agiu em legítima defesa e matou Everton após apanhar no Caiobá
Sem ver a filha há 2 anos, pai vai buscar na escola e pega criança errada
Geral
Sem ver a filha há 2 anos, pai vai buscar na escola e pega criança errada
MS entra na lista dos 11 estados com risco de 2ª onda da covid-19
CORONAVÍRUS
MS entra na lista dos 11 estados com risco de 2ª onda da covid-19