Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Saúde

Prefeitura capacita policiais para atuarem como colaboradores no combate à dengue

O secretário municipal de Saúde destacou a necessidade de união de esforços e engajamento de todos nas ações de prevenção

14 fevereiro 2019 - 16h54Por Da redação / PMCG

Policiais de várias unidades da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul ( PMMS) participaram na manhã desta quinta-feira (14) de capacitação do programa “Integrado Intersetorial de Colaborador Voluntário” da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Secretaria Municipal de Saúde (CCEV/SESAU). A partir da adesão ao programa, os militares devem auxiliar ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya – dentro e fora dos quartéis através da difusão de informações e ações práticas.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, destacou a necessidade de união de esforços e engajamento de todos nas ações de prevenção através da coletividade. O titular da SESAU lembra que este no é esperado um aumento considerado, principalmente de casos de dengue, o que aumenta ainda mais a necessidade do envolvimento de toda a sociedade.

“Precisamos despertar na sociedade o sentimento de colaboração. Se cada um fizer a sua parte nós iremos vencer a guerra contra mosquito”, complementou. O comandante-geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta destacou a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido e o empenho da secretaria nas ações e reafirmou a parceria no combate ao aedes.

“Essa capacitação é de grande valia, pois os policias militares estão imbuídos com o bem estar e a segurança da população, sendo assim estaremos atuando e orientando também a comunidade nesta guerra contra o mosquito”, disse. Estiveram presentes durante a abertura da capacitação a superintendente de Vigilância em Saúde da SESAU, Veruska Lahdo,  o coordenador estadual de vetores, Mauro Lúcio, o, Chefe do Estado-Maior-Geral da PMMS, Coronel Alexandre Rosa Ferreira, entre outras autoridades.

Colaborador Voluntário

Lançado  em março do ano passado como estratégia no combate ao mosquito Aedes aegypti, o programa “Integrado Intersetorial de Colaborador Voluntário” ganhou maior notoriedade a partir da publicação do decreto nº13.766 de 23 de janeiro de 2019, assinado pelo prefeito Marquinhos Trad. Ela institui oficialmente o programa, o tornando referência como ferramenta de cooperação ao congregar esforços no controle da proliferação do mosquito no âmbito interinstitucional. A previsão é ampliar o programa com a adesão de novos parceiros.

O gerente técnico da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), Marcos Luiz de Oliveira. Marcos Luiz explica que o programa nasceu com objetivo de instituir a cultura da prevenção, implementando ações compartilhadas entre o poder público e privado, propiciando às empresas envolvidas no processo condições para desenvolverem de modo eficiente o programa de prevenção evitando as doenças de caráter endêmico e epidêmico.

“A proposta foi criada para levar  tanto à instituições públicas como as privadas essa preocupação onde o colaborador voluntário recebe capacitação e treinamentos para o combate do mosquito Aedes aegypti, sendo todo o aparato técnico e operacional oferecido por nós”, diz.

Em 2018 foram realizadas 180 adesões (implantações) do programa em órgãos e instituições públicas. Para este ano a previsão é ultrapassar esta marca, com processo já iniciado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Polícia Militar (15 unidades), Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), CEINF’s -Centros de Educação Infantil (101 unidades), Águas Guariroba (8 unidades), SESC (8 unidades) e Senac (3 unidades).

Desde a implantação do programa a equipe de gerenciamento técnico do programa no município tem realizado capacitações técnicas com os servidores das instituições que fizeram adesão, a fim de implanta-lo, e buscar multiplicadores no controle de vetores em Campo Grande.

Entre os colaboradores estão o Comando Metropolitano do Corpo de Bombeiros e seus 09 batalhões, a Funesp juntamente com seus parques e praças espalhados por Campo Grande, o 15° Batalhão da Policia Militar Ambiental e a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) onde 100% dos Colégios Municipais tanto em perímetro urbano quanto nas zonas rurais aderiram.

Selo Instituição Parceira da Saúde

O programa consiste ainda em premiar as empresas que se mantiverem, por um período de seis meses, livres do risco de proliferação do Aedes aegypti. Elas vão receber o Selo “Instituição Parceira da Saúde”.

Leia Também

VÍDEO: chuvisco cai na manhã deste domingo, mas 'nem molha o chão' no Los Angeles
Cidade Morena
VÍDEO: chuvisco cai na manhã deste domingo, mas 'nem molha o chão' no Los Angeles
Mijo no muro, uso de drogas e algazarra fazem inferno no Serra Azul
Cidade Morena
Mijo no muro, uso de drogas e algazarra fazem inferno no Serra Azul
Tá quase em CG: chuva chegou em Dourados e amenizou calor e temperatura caiu 14°C
Interior
Tá quase em CG: chuva chegou em Dourados e amenizou calor e temperatura caiu 14°C
Moradora ouve tiros e diz ter apanhado de sargento no Nova Campo Grande
Polícia
Moradora ouve tiros e diz ter apanhado de sargento no Nova Campo Grande