tce agosto
Menu
quarta, 12 de agosto de 2020
Saúde

Projeto pode aumentar cobertura do SUS para pacientes com câncer no país

Tratamento

21 outubro 2013 - 06h11Por Ana Rita Chagas

Previsto para ir a votação na terça-feira (22), em regime de urgência, o Projeto de Lei do Senado (PSL) 352/2011, substitutivo da Câmara,  inclui o fornecimento de remédios de uso oral contra o câncer entre as coberturas obrigatórias dos planos e seguros privados de assistência à saúde.

A matéria faz parte de uma agenda prioritária que integra as atividades do Outubro Rosa, movimento aderido pelo Congresso Nacional que luta contra o câncer de mama. Porém, a proposta tem como objetivo beneficiar pacientes de ambos os sexos.

De autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), os planos de saúde privados devem cobrir despesas com medicamentos de uso oral e procedimentos radioterápicos e de hemoterapia, no tratamento domiciliar, desde que estejam relacionados à continuidade da assistência prestada na internação hospitalar.

A senadora informou que, em 15 anos, 80% dos tratamentos oncológicos serão feitos na casa do paciente, com medicamentos de uso oral. Conforme Ana Amélia, as empresas de saúde são obrigadas a arcar apenas com cirurgias e com os custos ambulatoriais, dependendo da cobertura do plano.

Leia Também

Cemitério diz que 'sumiço de cadáver' foi autorizado por filha, mas não evitou bizarrice em enterro
Cidade Morena
Cemitério diz que 'sumiço de cadáver' foi autorizado por filha, mas não evitou bizarrice em enterro
Gasolina e diesel ficam mais caros nesta quinta-feira, anuncia Petrobras
Geral
Gasolina e diesel ficam mais caros nesta quinta-feira, anuncia Petrobras
Máscaras feitas por empresa em Campo Grande viram deboche entre alunos no Amazonas
Cidade Morena
Máscaras feitas por empresa em Campo Grande viram deboche entre alunos no Amazonas
Joice Hasselman terá de pagar R$ 30 mil por erro em livro sobre a Lava Jato
Geral
Joice Hasselman terá de pagar R$ 30 mil por erro em livro sobre a Lava Jato