Menu
quarta, 02 de dezembro de 2020
Saúde

Projeto pode aumentar cobertura do SUS para pacientes com câncer no país

Tratamento

21 outubro 2013 - 06h11Por Ana Rita Chagas

Previsto para ir a votação na terça-feira (22), em regime de urgência, o Projeto de Lei do Senado (PSL) 352/2011, substitutivo da Câmara,  inclui o fornecimento de remédios de uso oral contra o câncer entre as coberturas obrigatórias dos planos e seguros privados de assistência à saúde.

A matéria faz parte de uma agenda prioritária que integra as atividades do Outubro Rosa, movimento aderido pelo Congresso Nacional que luta contra o câncer de mama. Porém, a proposta tem como objetivo beneficiar pacientes de ambos os sexos.

De autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), os planos de saúde privados devem cobrir despesas com medicamentos de uso oral e procedimentos radioterápicos e de hemoterapia, no tratamento domiciliar, desde que estejam relacionados à continuidade da assistência prestada na internação hospitalar.

A senadora informou que, em 15 anos, 80% dos tratamentos oncológicos serão feitos na casa do paciente, com medicamentos de uso oral. Conforme Ana Amélia, as empresas de saúde são obrigadas a arcar apenas com cirurgias e com os custos ambulatoriais, dependendo da cobertura do plano.

Leia Também

Três vão parar na delegacia por furto de motocicleta em Campo Grande
Polícia
Três vão parar na delegacia por furto de motocicleta em Campo Grande
Jovem preso por mandar nudes para adolescentes escolhia vítimas na igreja e nas redes sociais
Polícia
Jovem preso por mandar nudes para adolescentes escolhia vítimas na igreja e nas redes sociais
Polícia encontrou ‘bíblia satânica’ em casa onde adolescente foi morta após surto com choro de bebê
Polícia
Polícia encontrou ‘bíblia satânica’ em casa onde adolescente foi morta após surto com choro de bebê
Policiais do Garras levam máquina de contar dinheiro para casa do deputado Name
Polícia
Policiais do Garras levam máquina de contar dinheiro para casa do deputado Name