Maracaju I Agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 15 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Lobo Guará
Top Esporte

Após pagar multa, Corumbaense vai disputar série B do Estadual deste ano

Alegando problemas financeiros, time pediu afastamento da competição em 2020

22 julho 2022 - 21h27Por Elizeu Ribeiro

Um dos times de futebol mais tradicionais de Mato Grosso do Sul, O Corumbaense Futebol Clube já está apto a disputar o Campeonato Estadual da Série B que deve ser realizado até o final de julho e, posteriormente, da disputa da competição, prevista para o final de setembro.

Segundo o site Diário Corumbaense, a liberação foi possível após o clube ter feito nesta quinta-feira (21), o pagamento de multa no valor de R$ 4,4 mil imposta pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul) a uma instituição de caridade como pena convertida da punição ao Carijó da Avenida que abandonou o Campeonato da Série A em 2020.

Em entrevista ao site, o vice-presidente do clube, João Luis Ribeiro, confirmou o interesse do time de Corumbá a retornar ao futebol profissional.

 “Pagamos a multa e isso deixou o Corumbaense apto para a disputa da Série B deste ano. Agora vamos fazer um planejamento minucioso para ver a viabilidade, visto que pela grandeza do clube, não podemos entrar só para participar, mas para disputar o título e consequentemente acesso à Serie A”, informou .

O afastamento
Alegando problemas financeiros, o Corumbaense Futebol Clube pediu afastamento da competição em 2020 após paralisação do campeonato por cerca de oito meses, devido a pandemia da Covid-19.

De acordo com regulamento, clubes que apresentam desistência durante a competição ficam impedidos de disputá-la  por duas temporadas consecutivas. Entretanto, o Carijó da Avenida se valeu de carta de desistência amparado em deliberação da Secretaria Nacional de Esportes, que determinava a não punibilidade de equipes que desistissem em decorrência de problemas devido a pandemia.

Mesmo assim, a punição ocorreu para o Corumbaense e Maracaju, que também desistiu de participar da competição naquele ano.

Diferentemente do Corumbaense, o MAC optou por cumprir o afastamento de duas temporadas e voltar à disputa no ano que vem. A decisão foi informada pelo secretário de esportes do município, em rede social.

"Informo que o Maracaju vai cumprir a pena imposta pelo TJD em 2020 com término previsto para dezembro de 2022. O MAC não vai pagar nenhuma pena alternativa. Série B só em 2023 e olhe lá”, afirmou.

Agora, o Corumbaense corre contra o tempo para se organizar e avaliar condições para voltar a disputar o Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul. Também tem que resolver ações trabalhistas movidas contra o clube, que já levaram a sede do Carijó a leilão por duas vezes. Houve negociação e parcelamento dos valores e a venda do clube foi suspensa.