Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Top Esporte

Atacantes da seleção brasileira levantam voz contra racismo

Gabriel Jesus e Willian falaram sobre o assunto

07 junho 2020 - 08h55Por Nathalia Pelzl

Dois atacantes negros da seleção brasileira decidiram levantar a voz na luta contra o racismo. Em depoimentos gravados para o programa Esporte Espetacular, Gabriel Jesus, do Manchester City, e Willian, do Chelsea, falaram sobre o assunto.

“Infelizmente vem piorando, vem aumentando os acontecimentos e os casos. A gente tem que dar um basta. Não pode mais acontecer isso nesse mundo que a gente vive. Então temos que lutar muito, sim, contra o racismo, porque vidas negras importam”, disse Jesus.

As manifestações contra o racismo se intensificaram após o assassinato de George Floyd. Ex-segurança negro, ele foi morto por um policial branco, em Mineápolis, nos Estados Unidos, no último dia 25 de maio.

No Brasil, o garoto João Pedro, de 14 anos, foi morto dentro de sua casa, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, alvejado por tiros disparados pela polícia durante uma operação na comunidade onde vivia, conforme informou o GE.

 Diante do episódio, Willian reforça: não há como tratar tal fato como normal. “A gente costuma tratar assuntos assim como um assunto normal, e não é normal. Mais um menino negro sendo assassinado dentro de casa e ninguém sabe explicar o porquê. Com certeza isso mexe muito comigo e com as outras pessoas negras que moram no Brasil e ao redor do mundo também”, disse  o atacante do Chelsea.

"É importante o posicionamento de muitas pessoas, principalmente negras. Eu estou do lado do protesto, estou do lado do posicionamento para que isso possa acabar de uma vez por todas”, declarou Willian.

 

Leia Também

Brasil atinge 1.603.055 casos de covid-19; mortes vão a 64.867
Saúde
Brasil atinge 1.603.055 casos de covid-19; mortes vão a 64.867
Ex-funcionário suspeito de matar secretário em Dourados é preso em barreira sanitária
Polícia
Ex-funcionário suspeito de matar secretário em Dourados é preso em barreira sanitária
Idoso de 80 anos morre em consequência da Covid-19 em Corumbá
Saúde
Idoso de 80 anos morre em consequência da Covid-19 em Corumbá
Brasil ultrapassa marca de 1 milhão de recuperados da covid-19
Saúde
Brasil ultrapassa marca de 1 milhão de recuperados da covid-19