Menu
sexta, 26 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Top Esporte

Calleri prevê jogo disputado na Libertadores e alerta sobre Pratto

07 maio 2016 - 16h49Por ESPN

Artilheiro da Copa Libertadores da América com oito gols marcados, o são-paulino Calleri não se incomoda com fases decisivas. Liberado para atuar após cumprir suspensão de um jogo, em virtude de uma confusão na Bolívia, o atacante espera por um confronto disputado contra o Atlético-MG, e sabe que o compatriota Lucas Pratto exige atenção.


Mesmo com a metade dos gols de Calleri na competição, Pratto foi lembrado pelo garoto. Na época que o 'Urso', como Pratto é conhecido na Argentina, fez sucesso pelo Vélez Sarsfield, Calleri era apenas mais um garoto promissor das categorias de base do Boca Juniors.

"Esperamos um bom jogo. Conhecemos o Atlético-MG, sabemos que eles têm uma grande equipe, um grande treinador, e vamos nos preparar para ver o que podemos fazer contra eles, saber do que eles não gostam", disse. "Vamos jogar contra o Lucas Pratto, que é conhecido na Argentina. Vamos ver como vamos administrar e tratar de ganhar o jogo".

Cedido ao São Paulo por um prazo inicial de seis meses, Calleri já está negociado com a Inter de Milão. No entanto, o São Paulo e o próprio jogador estudam a possibilidade de estender o vínculo até o final do ano em caso de conquista do tetracampeonato da América e a consequente disputa do Mundial Interclubes.

Caso contrário, a presença do artilheiro, que já ganhou até música da torcida, está condicionada à campanha na Copa Libertadores.

Antes de vir ao São Paulo, inclusive, Calleri chegou a ser sondado pelo Atlético-MG. O clube alvinegro formalizou uma proposta ao Boca Juniors nos mesmos moldes que a da equipe tricolor, servindo como uma espécie de estágio profissional antes da ida à Europa.

As tratativas de mercado no passado não influenciam a forma com que o atacante são-paulino vai encarar o jogo de ida, marcado para o Morumbi. "É normal. Na vida temos que escolher e acredito que escolhi bem [pelo São Paulo]. Estou muito contente e feliz por estar no São Paulo, fui recebido da melhor maneira e vou jogar como uma outra partida qualquer".

Depois de ser denunciado na Conmebol pela confusão contra o Strongest, sendo que não foi flagrado em nenhum ato de agressão, Calleri recebeu pena inicial de quatro jogos de suspensão. O São Paulo, no entanto, reverteu a pena para apenas uma partida, já cumprida.