(67) 99826-0686
Camara Maio

Clippers passam pelos Raptors e mantêm liderança isolada no Oeste

Com Chris Paul no leme, time californiano vence em casa e se afasta dos Warriors

22 NOV 2016
Globo Esporte
08h15min
Foto: Reuters

Encerrando a rodada desta segunda-feira na NBA, o Los Angeles Clippers superou o Toronto Raptors por 123 a 115 e voltou a liderar isoladamente a Conferência Oeste. Com o 13º triunfo em 15 jogos, a equipe californiana deu um passo à frente em relação ao Golden State Warriors, que também venceu esta noite e soma agora 12 vitórias em 14 partidas disputadas. 

Novamente, o maestro dos Clippers foi Chris Paul. Com 26 pontos e 12 assistências, o talentoso armador cravou seu duplo-duplo e conduziu o time a mais um bom resultado. Também com 26´pontos, Blake Griffin seguiu fazendo o papel de leal escudeiro. Já Kyle Lowry (27 pontos) foi o melhor anotador da franquia canadense e o cestinha no Staples Center. 

A próxima parada do Los Angeles Clippers será quarta-feira, fora de casa, diante do lanterna Dallas Mavericks. Os Raptors (em 5° lugar, com oito vitórias em 14 compromissos realizados), por sua vez, visitarão no mesmo dia o Houston Rockets, do brasileiro Nenê.

O jogo

Entrando em quadra pressionado pela vitória dos Warriors sobre os Pacers, os Clippers viram dificuldades desde o início. Diante de um adversário irregular, porém muito perigoso, os locais conseguiram fechar o quarto inicial com a diferença de quatro pontos e não deslancharam no seguinte como queriam. Contando com a dupla Lowry e DeMar DeRozan azeitada, os Raptors se portavam bem, mas não impediram que o rival levasse a vantagem de 54 a 45 para o intervalo. 

O embate estava longe de definido, e o time de Los Angeles sabia bem disso. Patrick Patterson saiu do banco e mostrou serviço, reforçando ainda mais os visitantes, que equilibraram as ações, e projetaram ares de emoção ao período final. 

Com o placar mostrando 84 a 75 para os Clippers, o Toronto foi para a cima, mas a maestria de Paul, o dinamismo de Griffin e a força nos garrafões exibida por DeAndre Jordan impediam a reação.  

Pacientes, os Raptors foram gramando e, ponto a ponto, baixando a diferença até ficarem a somente a quatro da virada (97 a 93) faltando 6m46 para o fim. Foi a deixa para os locais voltarem a crescer e dominar, colocando 12 pontos de diferença a menos de dois minutos para o estouro do cronômetro. Com o placar e o tempo a favor, os Clippers, então, administraram a vantagem e selaram mais um triunfo na temporada regular da NBA.

Além de Chris Paul e Blake Griffin, o Los Angeles Clippers contou com a ótima atuação do gigante Jordan. O pivô assinalou 17 pontos e ainda apanhou 15 rebotes, chegando mais uma vez aos dois dígitos em dois fundamentos. O certeiro J.J. Redick (20 pontos) também contribuiu muito para a vitória.

Pelos lados do Toronto Raptors, Kyle Lowry (27) e DeRozan (25) marcaram metade dos pontos da equipe. Outras boas peças da franquia canadenses foram o lituano Jonas Valanciunas e o suplente Patrick Patterson, com 15 e 14 pontos, respectivamente. Lucas Bebê entrou no decorrer, mas pouco fez, conseguindo apenas um ponto durante os 13 minutos de ação.

ROCKETS VENCEM EM DETROIT E ENGATAM A TERCEIRA


O Houston Rockets obteve um excelente fora de casa resultado ao vencer o Detroit Pistons por 99 a 96, em duelo só decidido mesmo nos instantes finais. O time texano emplacou o terceiro triunfo seguido e soma agora nove em 14 jogos, ocupando a quinta posição no Oeste. Com mais uma derrota (a sexta em 15 jogos), os Pistons estão em 11º no Leste. 

Como de costume, James Harden terminou como o maior pontuador no time texano e do jogo, ainda produzindo 11 assistências e pegando oito rebotes. Nenê entrou e conseguiu quatro pontos, sete rebotes e uma assistência. Kentavious Caldwell-Pope, com 26 pontos, foi o mais eficiente nos locais

CELTICS DOBRAM WOLVES 

Em outro duelo desta segunda-feira, o Boston Celtics venceu fora de casa o Minnesota Timberwolves, passando a ter agora a mesma campanha do Toronto Raptors (oito triunfos e seis derrotas), quinto colocado no Leste, porém a franquia canadense está à frente no critério de desempate. Os Wolves estão em 12º no Oeste (quatro em 13). 

Mais uma vez, Isaiah Thomas sobrou nos Celtics, sendo o cestinha e melhor em quadra. O baixinho assinalou 29 pontos, enquanto Karl-Anthony Town marcou dois a menos e ainda apanhou 18 rebotes, tornando-se o mais eficiente nos Wolves. 

ANTETOKOUNMPO DESEQUILIBRA EM MILWAUKEE

Com direito a triplo-duplo de Giannis Antetokounmpo, o Milwaukee Bucks passou em casa pelo Orlando Magic por 93 a 89, subindo uma posição e assumindo o 12º lugar no Oeste (quatro vitórias em 13 jogos). Já o time da Flórida, que vinha de dois bons resultados, se encontra na 10º colocação no Leste (seis em 14).

O ala-armador grego registrou 21 pontos, dez rebotes e o mesmo número de assistências, sendo o principal homem do jogo. Serge Ibaka marcou 21 pontos (e ainda oito rebotes) e foi o destaque no Magic

CONFIRA OS RESULTADOS DESTA SEGUNDA

Indiana Pacers 83 x 120 Golden State Warriors
Philadelphia 76ers 101 x 94 Miami Heat
Washington Wizards 106 x 101 Phoenix Suns
Charlotte Hornets 90 x 105 Memphis Grizzlies
Detroit Pistons 96 x 99 Houston Rockets
Milwaukee Bucks 93 x 89 Orlando Magic
Minnesota Timberwolves 93 x 99 Boston Celtics
San Antonio Spurs 96 x 91 Dallas Mavericks
Los Angeles Clippers 123 x 115Toronto Raptors

 

Veja também