TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Top Esporte

Clubes se reúnem hoje para discutir VAR e fim do 'mando invertido' no Paulistão 2019

Conselho Técnico desta terça-feira discute encerrar prática, que virou comum no Estadual

23 outubro 2018 - 12h25Por Globo Esporte

A Federação Paulista realiza na manhã desta terça-feira, em sua sede na Barra Funda, em São Paulo, o Congresso Técnico do Campeonato Paulista de 2019 com representantes de 15 dos 16 participantes – a exceção é o Palmeiras, que está brigado com a entidade e já avisou que não vai mandar ninguém.

O Paulistão de 2019 terá uma novidade em relação ao deste ano: a presença da tecnologia do árbitro de vídeo a partir das quartas de final, com os custos – de cerca de R$ 30 mil por jogo – totalmente bancados pela Federação Paulista de Futebol.

Os clubes vão discutir o fim da inversão do mando de campo, situação comum nos últimos anos, especialmente quando clubes do interior enfrentaram rivais da capital em fases de mata-mata. Se não for possível extinguir essa prática, a ideia é pelo menos criar formas de atenuar seus efeitos.

Em 2017, o Linense enfrentou o São Paulo nas quartas de final e optou por exercer seu mando de campo no Morumbi. Com o apoio de sua torcida tanto no jogo de ida quanto no de volta, o São Paulo ganhou as duas partidas e avançou à semifinal.

Neste ano, o Bragantino adotou a estratégia contra o Corinthians. O clube de Bragança Paulista preferiu mandar seu jogo nas quartas de final no Pacaembu. A volta foi na Arena. O Corinthians também se classificou para a semifinal.

Nos dois casos, dirigentes dos times do interior deram justificativas financeiras para seu prejuízo em campo: seria mais importante garantir uma boa renda na casa do rival do que tentar um bom resultado diante da própria torcida

O Campeonato Paulista de 2019 terá a mesma fórmula de disputa deste ano. Os 16 times serão divididos em quatro grupos. Os cabeças de chave serão Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo, que ficarão em chaves diferentes na primeira fase. Como cada time joga contra os rivais dos outros grupos, os clássicos estão assegurados.

Os dois melhores de cada grupo avançam às quartas de final. Os mata-mata serão sempre em jogos de ida e volta, com a última partida na casa do time de melhor campanha. Os dois times com a pior campanha na fase de grupos caem para a Série A2.

Atual vice-campeão, o Palmeiras não vai mandar representante ao evento da FPF. O clube está rompido com a Federação desde a final do torneio deste ano, quando foi derrotado pelo Corinthians.

O Palmeiras é um dos defensores da adoção do VAR no Campeonato Paulista. Mas a Federação diz que a ideia partiu do ex-presidente do Santos, Modesto Roma Júnior.