TJMS
(67) 99826-0686

Crianças torram dinheiro de conta da família para conseguir Messi em videogame

Os quatro irmãos gastaram cerca de R$ 2600 e ainda assim não conseguiram liberar o jogador argentino

11 JUL 2019
Da redação/ESPN
15h17min
Foto: Divulgação/EA Sports

A pacata família de Thomas Carter, de Hampshire, Inglaterra, teve um imprevisto bastante curioso graças a Fifa 19. Ao tentar fazer suas compras habituais, Thomas teve seu cartão recusado por falta de fundos na conta bancária da família. O motivo? O dinheiro foi usado na aquisição de pacotes do modo Ultimate Team de Fifa 19 por seus filhos.

Os quatro irmãos, todas com menos de 10 anos, gastaram 550 libras (algo em torno de R$ 2.600) ao para conseguir pacotes em seu Nintendo Switch. Ao presenciarem seu pai fazendo a compra de um simples pacote de 8 libras (algo em torno de R$ 38) dias antes, trataram de por em prática seu plano: conseguir Lionel Messi para seu time em FUT.

Os pacotes do Ultimate Team, que podem ser comprados por Fifa Coins (conseguidas dentro do game e que não possuem custo monetário) e Fifa Points (adquiridos com dinheiro real), rendem jogadores e itens de forma aleatória. Mesmo os pacotes mais caros só aumentam um pouco a probabilidade de se tirar cards mais importantes, como é o caso do argentino.

Após constatar o motivo da falta de fundos, Carter entrou em contado com a Nintendo, responsável pelo console, e conseguiu o reembolso. Já para as crianças, restou o castigo: o videogame estará fora de ação até segunda ordem.

O pai assumiu a culpa por não acionar ferramentas que impediriam a compra pelos filhos sem sua supervisão, mas também criticou a EA: "você desembolsa 40 libras (algo em torno de R$ 188) pelo game, mas a única maneira de obter um bom time, com os melhores craques, é apostando na sorte dos pacotes. Ele acabou ficando com dó dos filhos no final das contas: "gastaram todo esse dinheiro e ainda assim não conseguiram tirar o Messi, o jogador favorito deles."

Veja também