(67) 99826-0686

Em festa no Pacaembu, time de Neymar goleia equipe de Robinho

Ousadia levou melhor sobre Pedalada: craque do Barcelona marca quatro dos 13 gols de sua equipe. Renda da partida vai ajudar entidades assistenciais

23 DEZ 2016
Globo Esporte
07h28min
Foto: Marcos Ribolli

– Eu tô na Disney. Tenho que deixar o Mickey passar...

A frase é do ex-volante Amaral, logo após levar um drible sensacional de Neymar em pelada no Pacaembu, nesta quinta-feira. Organizador do evento, junto com o parça e ídolo Robinho, o craque do Barcelona deu um show, cuja renda foi revertida para entidades assistenciais. Sua equipe venceu por 13 a 9, e ele marcou quatro gols.

A entrada de Neymar, aos 20 minutos, mudou o jogo. Sim. O craque começou no banco. Até então, a partida estava mais para o time de Robinho, que começou com tudo. Contando com Kaká, Gabriel Jesus e Luan, entre outros, a equipe Pedalada abriu vantagem de 3 a 2. 

Aí entrou Neymar, e o jogou mudou de lado. Com ele em campo, em poucos minutos o time Ousadia virou para 7 a 4, com três gols do camisa 10 da Seleção.

– O jogo estava até equilibrado, mas aí entrou o homem entrou. Ele estava empolgado, né? –  notou Gabriel Jesus no intervalo.

A partida teve outras atrações. Gente da música (Wesley Safadão, Nego do Borel, César Menotti, Gusttavo Lima), da televisão (Caio Castro, Marco Luque), além de atletas de outros esportes (Gabriel Medina, Bruninho, Felipe Massa). Era tanto jogador que o segundo tempo começou com 13 de cada lado.

A etapa final, aliás, continuou sob o comando do time Ousadia. Quando Neymar diminuiu o ritmo, Nenê, estrela do Vasco, assumiu. E aí todo mundo marcou: o anão Pedrinho (do programa  Pânico na TV, da Rede Bandeirantes), o jogador de pôquer Andre Akkari, o sertanejo Marrone... Todos deixaram sua  marca.

O time Pedalada teve suas chances também, mas o goleiro Felipe resolveu fechar o gol e pegou até pênalti, cobrando pelo piloto Felipe Massa. Mas o piloto acabou repetindo a cobrança, estufou a rede e ganhou abraços de companheiros de equipe e até adversários.

Massa depois conseguiu marcar outro gol com a bola rolando no Pacaembu. Ele comemorou o gol, fez festa, mas não quis falar nada sobre seu futuro. O piloto havia anunciado aposentadoria, mas está para voltar à Williams.

– Não vamos falar sobre isso. Vamos curtir as férias.

No fim, vitória do time de Neymar: 13 a 9. Uma diversão para as mais de 25 mil pessoas que foram ao estádio.

– O mais importante é poder reunir os amigos, se divertir e ainda ajudar as pessoas que precisam. Quero agradecer a quem veio ao Pacaembu –  disse Neymar ao final da festa.

 

Veja também