Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
ALMS
Top Esporte

Fifa define nova regra, e Europa não poderá disputar sede para 2026

Após reunião do Comitê Executivo em Zurique, entidade determina que continentes das duas últimas sedes não concorrerão para abrigar uma nova Copa do Mundo

14 outubro 2016 - 12h11Por Globo Esporte

Planejando definir a sede da Copa do Mundo de 2026 até 2019, a Fifa determinou uma nova regra que excluirá a Europa da disputa. Após reunião do Comitê Executivo, em Zurique, nesta semana, a entidade definiu que os continentes das duas últimas sedes não poderão concorrer para abrigar um novo Mundial. Desta forma, além da Ásia (Catar - 2022), a Europa também fica impedida de brigar pela edição de 2026.

O estatuto da Fifa previa que só não poderia concorrer a sede o continente que abrigou a copa anterior. - o que permitiria uma candidatura europeia neste caso. Com a mudança, a Ásia também ficará excluída da disputa pela sede da Copa de 2030. A única exceção a esta regra é se nenhum outro país (ou conjunto de países) apresentar uma candidatura válida.

Em comunicado oficial divulgado nesta sexta-feira, a Fifa apontou que o Mundial de 2026 deve ter um formato com "40 ou 48 times", que ainda dependerá de análise e só será selado em um novo encontro em janeiro. Além disso, a entidade reitera a possibilidade de uma candidatura de múltiplas sedes (países diferentes).

Durante os dois dias de reunião, a Fifa também aprovou o calendário do futebol feminino para os anos de 2018 e 2019 e definiu a França como sede para o Mundial Feminino de 2019. O próximo congresso geral foi marcado para o dia 17 de maio do ano que vem, em Manama, no Bahrein.

 

Leia Também

Diretor do Detran/MS testa positivo para coronavírus durante viagem
Saúde
Diretor do Detran/MS testa positivo para coronavírus durante viagem
Filha invade necrotério e descobre que pai está vivo
Geral
Filha invade necrotério e descobre que pai está vivo
Bebê nasce com Covid-19 e médicos detectam vírus na placenta
Saúde
Bebê nasce com Covid-19 e médicos detectam vírus na placenta
Homem tenta vender capacete falso de Ayrton Senna por R$ 50 mil
Polícia
Homem tenta vender capacete falso de Ayrton Senna por R$ 50 mil