ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Grêmio monta operação Copa do BR com voo fretado, estudo e suplentes

No início do ano, o Grêmio passou por dificuldades no momento de planejar momentos decisivos

19 NOV 2016
Redação
15h10min
Foto: Marcos Riboli/GloboEsporte.com

O Grêmio se cerca de todos os cuidados para ter os detalhes cobertos para a final da Copa do Brasil. Seja um voo fretado para retornar poucas horas após o primeiro jogo, seja com um planejamento de uso de todo o grupo nos próximos compromissos, tudo foi estudado para evitar qualquer percalço.

A primeira providência foi na logística. Geralmente atento a esse ponto, Renato viu o clube fretar um voo de Porto Alegre para Belo Horizonte na terça-feira. Poderá, assim, comandar um treino no CT Luiz Carvalho, pela manhã, fazer o elenco almoçar junto antes de rumar para a capital mineira.

O retorno também foi cuidadosamente planejado. O Tricolor sai de BH por volta das 2h de quinta-feira, poucas horas depois do jogo no Mineirão. A chegada está prevista para as 4h em Porto Alegre. Assim, os atletas dormem em casa, descansam e já podem treinar na quinta, no processo de recuperação física e preparação. Um custo de cerca de R$ 300 mil aos cofres do clubes, mas que será diluído de acordo com venda para torcedores e conselheiros.

No início do ano, o Grêmio passou por dificuldades no momento de planejar momentos decisivos. Por exemplo, no pedido de alteração de data da semifinal do Gauchão para viajar a Quito com antecedência. Conseguiu vencer a LDU na altitude, mas ficou com o fim de semana livre e jogou terça, quinta e domingo, em sequência. Acabou derrotado para o Juventude, na semifinal do estadual.

O que foi definido, vamos na terça, a diretoria fretou um avião, treinamos de manhã e viajamos. Descansamos, jogamos e logo após a partida voltamos. Vamos ganhar esse tempo porque depois temos uma partida em Recife - comentou o técnico Renato Portaluppi.
Claro que não serão os titulares a jogar logo na sequência. Mas a ideia é que o elenco possa ser trabalhado para o jogo com o Santa Cruz, em Recife, às 19h30 do domingo. Por isso o retorno imediato, além do conforto maior ao elenco.

Esta é a segunda providência. O elenco está bem dividido, com dois times distintos. O que empatou com o São Paulo, no Morumbi, e entrará em campo nas finais da Copa do Brasil. E aquele que jogará contra América-MG e Santa Cruz, compromissos três dias antes das finais. Todos os atletas, praticamente, serão utilizados.

O Renato já tinha definido, no próximo jogo com os reservas e depois a final com o Atlético-MG. Está tudo planejado, não tem novidade, nenhuma inovação - explicou o presidente Romildo Bolzan Jr.
O elenco também recebe atenção especial e agora só pensa na final. Serão quatro dias até a primeira partida. E os jogadores vivem a expectativa de iniciar a decisão há quase 20 dias, após a classificação sobre o Cruzeiro na semifinal.

Outro ponto é dissecar a equipe rival, algo feito pelos profissionais do Centro Digital de Dados do clube e depois repassado para a comissão técnica. Renato e seu auxiliar Alexandre Mendes analisam e usam os apontamentos para ajustar detalhes no time.

É concentração total, dois jogos, 180 minutos que podem definir nosso ano. Tem que estar ligados e atentos a todos os detalhes, trabalhar forte, estudar a equipe deles para que a gente consiga conquistar o objetivo - disse Ramiro.
O Tricolor volta a treinar na manhã deste sábado, na Arena, em atividade fechada. Os reservas enfrentarão o América-MG, no domingo, ainda com o objetivo de colocar o Grêmio no G-6 do Brasileirão, uma espécie de plano B em caso de falha na final da Copa do Brasil.

Veja também