(67) 99826-0686
Origem - entregas

Lyoto Machida é suspenso por 18 meses por violação em programa antidoping

A notícia foi confirmada na última quarta-feira (16) pela própria USADA

17 NOV 2016
Redação
17h56min
Foto: Divulgação

A vida não está fácil para o carateca brasileiro Lyoto Machida. O lutador, além de amargar duas derrotas consecutivas nas suas últimas apresentações, foi suspenso pela USADA por conta de uma violação no programa de antidoping em sua luta contra Dan Henderson, que acabou sendo cancelada por este motivo. Como Lyoto está parado desde abril deste ano, poderá voltar a lutar em outubro de 2017. A notícia foi confirmada na última quarta-feira (16) pela própria USADA.

O “Dragão” brasileiro foi pego sobre uso de um produto contendo a substância banida 7-ceto-dehidroepiandrosterona (DHEA), um esteroide, durante a coleta de amostras realizada em abril. Machida confirmou o uso do produto e disse que não sabia que continha uma droga proibida. A mesma foi listada como um ingrediente, e por isso não foi uma situação de suplemento contaminado.

A luta de Machida com Dan Henderson, que deveria ter acontecido no UFC on FOX 19, em abril, foi retirada depois que o brasileiro admitiu o uso do produto. A decisão veio à tona apenas três dias antes da luta.

Veja também