Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
Top Esporte

Mandaram a conta: final entre Brasil x Peru custou R$ 7,6 milhões, incluindo mordomias

Final da Copa América 2019 também bateu recorde com a maior renda da história de um jogo de futebol disputado no Brasil, quantia chegou a R$ 38,7 milhões

13 julho 2019 - 15h45Por Da redação/Terra

A maior renda da história de um jogo de futebol disputado no Brasil, de R$ 38,7 milhões, exatamente na final da Copa América, entre Brasil e Peru, dia 7 de julho, no Maracanã, também divide outro recorde para o qual pouca gente atentou. Os custos com aquela partida somaram R$ 7,6 milhões, incluindo despesas operacionais e várias mordomias para dirigentes esportivos, autoridades e outros convidados.

Os dados constam do borderô do jogo, publicado no site oficial da Copa América 2019. Só com alimentação, endereçada a quem trabalhou na partida e, em sua maioria, para o buffet oferecido na área vip do Maracanã, os gastos foram de R$ 284 mil.

Serviços de ambientação para os convidados que, traduzindo, significa, entre outras coisas o aluguel de sofás, poltronas e cadeiras de forro aveludado, custaram R$ 120 mil.

Para esse grupo seleto havia ainda recepcionistas exclusivas, algumas com o domínio de dois ou três idiomas (além do português, espanhol e/ou inglês), e uma outra demanda de serviços que figura na relação de "despesas diversas", que alcançaram R$ 133 mil.

O que chama mais a atenção é que para um jogo de Campeonato Brasileiro com previsão de lotação, no Maracanã, a soma de custos costuma ficar em torno de R$ 1,2 milhão.

O preço médio dos ingressos para a decisão da Copa América, vencida pelo Brasil, foi de aproximadamente R$ 800. Para a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), abatendo-se os R$ 7,6 milhões da renda bruta de R$ 38,7 milhões, sobraram R$ 31 milhões.