tjms julho
Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Top Esporte

Muricy isenta diretoria e culpa técnicos estrangeiros por crise no São Paulo

Ex-treinador diz que saídas de Osorio e Bauza em meio ao planejamento prejudicaram o clube e admite risco de rebaixamento

05 setembro 2016 - 10h19Por Globo Esporte

Ex-técnico do São Paulo, Muricy Ramalho acredita que as saídas precoces de Juan Carlos Osorio e Edgardo Bauza para as seleções de México e Argentina, respectivamente, levaram a equipe à crise vivida atualmente. Em entrevista ao jornal “Agora”, o treinador aposentado afirmou que as mudanças bruscas de filosofia prejudicaram o planejamento tricolor. 

– O São Paulo vem de trocas de treinadores. Não está nessa situação pelo clube, o clube não tem problema. Os estrangeiros saíram e prejudicaram demais o planejamento, porque mudam a maneira de jogar e a filosofia de trabalho. Isso mexe, sim, com os atletas. Não é problema da diretoria, é dos técnicos – disse Muricy.  

– O planejamento foi feito lá atrás. Desde o Osorio, que preferiu ir para o México. O Bauza não tem nada a ver com o Osorio, a maneira de trabalhar era totalmente outra. Ele teve desempenho razoável, apesar de o aproveitamento não ter sido bom, mas pelo menos conhecia o elenco. Depois vem outro treinador. Isso, para o jogador, é a pior coisa, não funciona. Complicou muito.  

No momento, o São Paulo é o 12º colocado do Campeonato Brasileiro, com 28 pontos. Está a quatro do Internacional, primeiro time da zona de rebaixamento. Muricy admite o risco de queda e avisa: o Tricolor tem de se conscientizar que vai lutar na parte inferior da tabela. 

– A briga não é em cima, é embaixo. É uma situação muito complicada. Ainda não entrou na zona de rebaixamento, e isso é bom. Se entrar, complica. Tem de analisar a tabela, é jogo a jogo – opinou.  

Em 2013, Muricy ajudou a salvar o São Paulo de um inédito rebaixamento no Brasileirão. Chegou em setembro, quando a equipe estava no Z-4 havia 11 rodadas, e levou o time ao nono lugar da competição. 

Leia Também

MS lança campanha 'Alô vizinho' para combater violência doméstica
Cidades
MS lança campanha 'Alô vizinho' para combater violência doméstica
Amigos lamentam morte de policial que sofria de depressão em Campo Grande
Cidade Morena
Amigos lamentam morte de policial que sofria de depressão em Campo Grande
Agendamento on line para castração de gatos retorna de forma gradativa no CCZ
Cidade Morena
Agendamento on line para castração de gatos retorna de forma gradativa no CCZ
Mato Grosso do Sul tem 600 novos casos e 136 mortes por covid-19
Saúde
Mato Grosso do Sul tem 600 novos casos e 136 mortes por covid-19