Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
Camara - corona
Top Esporte

Nos pênaltis, Sport conquista o 42° título do Campeonato Pernambucano

O Leão prevaleu sobre o Timbu durante as penalidades, com Maílson defendendo duas cobranças

21 abril 2019 - 17h44Por Redação/ Uol

A decisão do Campeonato Pernambucano foi cheia de reviravoltas, pois houve expulsões, vantagem e virada durante os 90 minutos de jogo. No fim, o grito de 'é campeão' ficou com o Sport, após vencer nos pênaltis, por 4 a 3, na Ilha do Retiro, neste domingo (21), conquistando o 42º título da história do clube.

Início, confusão e gols

A partida começou com a atmosfera do torcedor rubro-negro na Ilha do Retiro em alta. Precisando do resultado, o Náutico buscava pressionar nos minutos iniciais. Aos poucos, o Sport matinha a posse de bola para esfriar os ânimos do adversários. Aos sete minutos, Hernane e Suéliton se envolveram em uma confusão fora do lance e, após de uma conversa com os auxiliares, o árbitro decidiu expulsar os atletas. Quando a bola voltou a rolar, o goleiro Bruno dividiu com Guilherme, dentro da área, e o pênalti foi marcado. O próprio Guilherme bateu e abriu o placar, aumentando a vantagem do Leão.

Poucos minutos depois, Guilherme caiu sentidores e foi substituído por Leandrinho. Com o resultado adverso, os alvirrubro tentavam fazer uma pressão, mas só chegaram na bola parada. Do outro lado, o Sport buscava aproveitar os espaços, entretanto, o jogo ficou truncado e as chances claras não apareciam.

A imprevisibilidade do futebol entrou em ação aos 39 minutos quando o zagueiro Diego Silva dividiu, ganhou a bola e arriscou o chute. Contando com um desvio em Danilo Pires, o Náutico empatou a partida. Os acréscimos trouxeram um ritmo acelerado a partida. Deu tempo do Sport ter um gol de Leandrinho anulado e de Wallace Pernambucano acertar a trave.

Segundo tempo

Os times voltarem do intervalo sem alterações e ninguém se arriscava no começo da segunda etapa. O jogo estava mais truncado, com muitas faltas laterais, e o ritmo do confronto não parecia mudar, conforme o tempo passava. A bola já rolava há 20 minutos no segundo tempo e nenhuma oportunidade clara era criada. Algo melhor para os mandantes, pois o empate era suficiente para ser campeão.

Um lance perigos só veio aparece aos 34 minutos quando Leandrinho arriscou de fora da área e a tentativa desviou em Assis e passou perto do gol de Bruno. Três minutos em seguida, Jímenez sobe na segunda trave e vira a partida para o Timbu. Nos acréscimos, Bruno salvou após um chute de Élton e evitou o empate. Sendo assim, com o 2 a 1 para o alvirrubro, o título pernambucano foi decidido nos pênaltis. Na disputa das penalidades, o Sport venceu por 4 a 3 e conquistou a taça.

Ficha do jogo

Sport: Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Guilherme (Leandrinho); Luan (Élton), Ezequiel (Juninho) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Náutico: Bruno; Hereda, Diego Silva, Suéliton e Assis; Josa, Luiz Henrique e Danilo Pires (Jímenez); Robinho (Rafael Cisneros), Thiago (Rafael Oliveira) e Wallace Pernambucano. Técnico: Márcio Goiano.

Gols: Guilherme aos 17 do 1'T (S) e Diego Silva aos 39 do 1'T (N). Cartões amarelos: Luan, Adryelson, Leandrinho e Ronaldo (S); Diego Silva e Hereda (N). Cartões vermelhos: Hernane (S); Suéliton (N).

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG). Assistentes: Kléber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Alessandro Rocha Mattos (FIFA-BA).

Leia Também

Tribunal do Trabalho nega danos morais coletivos por morte do adolescente Wesner em lava jato
Cidade Morena
Tribunal do Trabalho nega danos morais coletivos por morte do adolescente Wesner em lava jato
NÃO VAI TER FIM? Brasileiros mortos pela covid-19 já chegam a 34.021
Geral
NÃO VAI TER FIM? Brasileiros mortos pela covid-19 já chegam a 34.021
Registro mostra que PM foi imparcial em ocorrência com tiro de Guarda Municipal
Cidade Morena
Registro mostra que PM foi imparcial em ocorrência com tiro de Guarda Municipal
Estudo que demonizava cloroquina é falho e autores tiram texto de site
Geral
Estudo que demonizava cloroquina é falho e autores tiram texto de site