TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

O duelo da 7: Galo e Grêmio abrem a decisão no embalo de Robinho e Luan

Compare gols, dribles, números, curiosidades e frases dos artilheiros que comandam o Atlético-MG e o Tricolor gaúcho na final de Copa do Brasil a partir desta quarta-feira

23 NOV 2016
Globo Esporte
09h18min
Foto: Bruno Cantini/CAM

Um tem 32 anos e já rodou nos principais clubes do futebol mundial. O outro tem 23 e surge como uma grande promessa - que já está virando realidade - no Brasil. O mais experiente é canhoto, e o que ainda inicia a carreira é destro. Dentro das quatro linhas, eles vêm atuando em posições diferentes, mesmo carregando nas costas uma das poucas coisas em comum: a camisa 7. Robinho, do Atlético-MG, e Luan, do Grêmio, são os artilheiros dos seus times e grandes destaques para os dois confrontos decisivos da final da Copa do Brasil.

A bola rola no Mineirão às 21h45 desta quarta-feira. O jogo da volta está marcado para a próxima quarta, na Arena do Grêmio. Ao contrário das fases anteriores, a decisão não tem o gol fora de casa como critério de desempate.

Juntos, Robinho e Luan fizeram 40 gols na temporada. A precisão perto da área ficou clara nos confrontos da semifinal, quando deixaram suas marcas e foram fundamentais nas classificações de Atlético-MG e Grêmio sobre Internacional e Cruzeiro, respectivamente. No embalo dos camisas 7, listamos sete pontos de destaque:

GOL MAIS BONITO EM 2016

Robinho

Robinho tem sido mais matador do que criador. Artilheiro do Galo na temporada, vem mostrando faro de gol, como foi contra o Fluminense. No primeiro gol do Atlético-MG no jogo, mostrou bom posicionamento para receber a assistência de Maicosuel, habilidade para dominar a bola e faro de gol para estufar as redes.

Luan

O gremista tem 15 gols no ano, somando também os marcados com a seleção olímpica. Alguns se destacaram, como o contra a Ponte Preta. Mas o primeiro no 2 a 0 sobre o Cruzeiro, na semifinal da Copa do Brasil, tem todos os elementos para ser o seu mais bonito em 2016. Primeiro, pelo momento. Depois, pela construção coletiva. E, por último, pelo refinamento técnico do atacante, em chute característico. Assista:

MELHOR ATUAÇÃO EM 2016

Robinho

Na penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG precisava vencer o Villa Nova para não depender de um bom resultado na rodada seguinte. Jogando no Mineirão, mas como visitante, Robinho teve sua melhor atuação na temporada. Como meia em alguns momentos e atacante em outros, ele comandou o Galo na goleada por 7 a 2 sobre o Leão do Bonfim. A bole correu com os pés do camisa 7, que marcou três, deu assistência para um e ainda participou efetivamente de um gol contra. Um dos tentos anotados pelo jogador foi um golaço, mostrando muita categoria ao tocar por cobertura após vacilo da defesa.

Luan

O único jogo no qual o atacante balançou as redes duas vezes nesta temporada foi justamente contra o… Atlético-MG, no primeiro turno do Brasileirão. Em uma atuação de gala do Tricolor, Luan se destacou e comandou as ações - em um lance, acertou as duas traves. Uma curiosidade: dos 12 gols marcados no ano, cinco foram contra mineiros - três contra o Galo e dois contra o Cruzeiro.

COMO JOGAM

Robinho

Diego Aguirre bem que tentou colocar Robinho como armador ou centroavante, mas é do lado esquerdo do campo que o camisa 7 do Galo rende melhor e vem sendo o principal jogador alvinegro na temporada. Quando pega a bola dominada e parte para cima, é difícil de pará-lo.

Luan

O gremista é escalado como o jogador mais avançado do time. Mas poucas vezes aparece como centroavante de fato. Sua principal característica é justamente buscar espaços vazios atrás do meio-campo adversário para criar.

NÚMEROS NA TEMPORADA

Robinho

No Galo são 52 jogos, 26 vitórias, 13 empates e 14 derrotas. Foram 3.753 minutos em campo e 25 gols marcados.

Luan

Pelo Grêmio são 47 jogos, 12 gols (artilheiro do Grêmio) e 10 assistências. Pela seleção olímpica foram seis jogos, três gols e duas assistências.

FRASE MARCANTE

Robinho

- Essa classificação foi com a cara do Galo. Acreditamos, e a torcida também acreditou. Satisfeito pelo empenho do time, acho que foi mais que merecido, porque o time buscou o gol – Robinho após a classificação contra a Ponte Preta.

 

Veja também