Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
camara municipal
Top Esporte

Pai cego que começou a correr para acompanhar filho completa primeira maratona

O pai afirmou que a principal motivação nos treinos era inspirar o filho de 10 anos

04 novembro 2019 - 16h45Por Luis Abraham

O inglês Dave Williams foi uma das 50 mil pessoas a completar a disputada maratona de Nova York neste domingo (3) nos Estados Unidos. Detalhe: ele é portador de deficiência visual. Dave foi entrevistado pelo Today Parents e revelou que começou a correr em outubro do ano passado para acompanhar o filho, Arlo, de 10 anos.

O garoto enxerga perfeitamente, apesar dos pais possuírem uma rara condição genética que provoca cegueira. "O Arlo sempre foi muito ativo", disse Dave, que precisava pendurar um sino no filho quando era menor para que ele e a esposa soubessem onde o pequeno estava.

"Desde o momento em que começou a se mexer, ele nunca fica parado e corre incrivelmente bem, e eu pensei que adoraria poder fazer isso com ele, mas fisicamente não podia." Graças a treinadora e guia Bex Jones, o pai começou a treinar e percorrer distâncias cada vez mais longas, até realizar o sonho de concluir a maratona de Nova York.

Antes do grande evento, Dave chegou a treinar com Bex três vezes por semana e perdeu cerca de 18kg. “Minha principal motivação durante os treinos sempre foi incentivar Arlo”, disse o maratonista. “Espero que ele perceba que se trabalhar duro, se esforçar e for resiliente pode realizar seus sonhos.”

Leia Também

Lewandowski nega recurso do Estadão para saber se exame de covid é mesmo de Bolsonaro
Geral
Lewandowski nega recurso do Estadão para saber se exame de covid é mesmo de Bolsonaro
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Geral
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Geral
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada
Geral
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada