Nilson Pugatti
SElviria Dezembro
(67) 99826-0686
Camara municipal

“Gigante” campo-grandense leva nome de MS para fora do Brasil

Destaque

22 DEZ 2013
Renan Gonzaga
09h30min
Saymon durante treinamento no Tênis Clube de Campo Grande. Foto: Renan Gonzaga

Ele está entre os 10 melhores atletas de vôlei de areia do mundo na categoria sub 21, treina pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), tem 20 anos e 2,02 de altura. Gigante não só no tamanho, desde quando começou a carreira, há quatro anos, já conquistou nove troféus pelo Brasil, sendo cinco primeiros lugares, dois vices e dois terceiros.

Saymon Barbosa é a jovem promessa do vôlei de areia, que procura patrocínio para, no futuro, sobreviver apenas do esporte. Longe da família, ele mora atualmente em Fortaleza, Capital do Estado do Ceará, para treinar com um dos técnicos mais famosos do Brasil, o carioca Ronald. Porém, passa temporadas do ano morando em Rio Janeiro também, na confederação.

“Em Mato Grosso do Sul, por não ter praia e poucos atletas, ninguém incentiva”, explica o jovem sobre a falta de apoio, que é a principal barreira no crescimento do esporte no Estado. “Se os antigos jogadores do nosso Estado pararem, vai acabar o vôlei de praia. Gente nova raramente se encontra”, completa.

De qualquer forma, ele não vê barreiras para chegar onde deseja e por conta de sua determinação, foi convocado pela CBV para integrar a seleção da categoria de base do país pela primeira vez em 2012, onde continua até agora. Em 2013, por se destacar no mundial sub 21, conquistando o 9º lugar, foi convocado mais uma vez para jogar o Sul-americano adulto, e ficou em 3º lugar.

Desde pequeno praticou vários tipos de esportes, como futebol, basquete, handebol e tênis, mas a identificação com a modalidade se tornou decisiva na escolha da carreira. E seu início foi como o de quase todo atleta do Estado, na quadra. “Eu comecei jogando vôlei como a maioria, pelo Dom Bosco, então um amigo me chamou para brincar na areia, e eu fui gostando e me adaptando, aí surgiu o interesse”.

“Eu fiz bastante tipos de esportes, mas no vôlei me adaptei melhor, foi o que deu certo na minha vida. Fui jogando e me apaixonando e hoje é uma coisa que eu gosto de fazer, faço sorrindo”.

Sem entender muita coisa sobre vôlei de praia, Saymon e seu parceiro Márcio Dantas, foram disputar um torneio em Fortaleza, e lá mostraram todo o potencial que possuíam. Um olheiro da CBV estava no local o viu jogando, em seguida o indicou para treinar no Rio de Janeiro com a confederação, e foi quando tudo começou.

Quando está no Rio de Janeiro sua rotina é simples, porém puxada, pois exige muita disciplina. “O que eu faço lá é acordar cedo, treinar de manhã, das 8 horas às 11 horas, depois vou para o quarto tomar banho e em seguida almoço. Tudo tem horário. A tarde treino de novo e no fim tem academia. E como eu geralmente estou cansado, a única coisa que faço é dormir depois”, revela Saymon.

Agora que subiu de categoria, e está na sub 23, tem esperança de ser patrocinado e receber um salário para jogar. Mas só a experiencia que ganhou desde quando começou já valeu a pena, e jogar para fora do país representa isso. “Voltei para o Brasil com uma cabeça diferente sobre jogo, com mais bagagem. Fiquei treinando na CBV durante um ano e meio para este campeonato”, comenta.

“Acredito que se o nosso Estado incentivasse mais o vôlei, com certeza teria menos crianças perdidas no mundo das drogas”.

Representar Mato Grosso do Sul na Croácia colocou o jovem em outro patamar, de nível mundial, o que serviu como ponta pé para melhorar ainda mais. “Jogar fora foi bom, mostra que o que eu consegui batalhando, com meu trabalho dentro do Estado de Mato Grosso do Sul, está sendo legal. Mas eu não quero ser mais um no vôlei, eu quero ser o Saymon Barbosa. Fazer história”, finaliza.

Confira os títulos conquistados pelo atleta em 2013:

1. Campeão Brasileiro CBBVP Sub 23 em Vitória - ES

2. Campeão Brasileiro CBBVP Sub 21 em Cabo Frio - RJ

3. Campeão Brasileiro CBBVP Sub 21 em Campinas - SP

4. Campeão Brasileiro CBBVP Sub 21 em Maringá - PR

5. Campeão Brasileiro de Verão Sub 21 no Rio De Janeiro - RJ

6. Vice-Campeão Brasileiro De Verão Sub 21 Em Campinas - SP

7. Vice-Campeão Brasileiro CBBVP Sub 23 Em Aracaju - SE

8. 3º Lugar no Campeonato Brasileiro de Verão Sub 21 em Brasília – DF

9. 3° Lugar no Sulamericano em Sobral - CE (Adulto)

Veja também