(67) 99826-0686

Sem projeto, prefeitura estuda solução para abandono da Orla Ferroviária

O local foi alvo de incêndio na manhã desta quinta-feira (14), na Capital

14 SET 2017
Rodson Willyams
15h41min
Foto: André de Abreu

O prefeito Marquinhos Trad, do PSD, comentou sobre o incêndio que destruiu um dos vagões abandonados localizados na Orla Ferroviária, em Campo Grande. Segundo ele, o município tem feito a limpeza dos locais, mas não há previsão de retomada do local, devido a falta de dinheiro para investimentos na região.

"Estamos sem projetos e precisamos de recurso financeiro para mantê-las. Vou ver com a Sectur e Sedesc sobre qual destinação podemos fazer. Nós precisamos fazer a limpeza antes de tudo nesses locais para que possamos atrair investidores para lá. Mas, por enquanto, não temos projetos", comentou.

Incêndio

O incêndio atingiu um dos vagões da Orla Ferroviária, localizado próximo a Rua Barão do Rio Branco, por volta das 6 horas de hoje (14). O local, segundo a polícia, era ocupado por uma mulher que utilizava o vagão como abrigo. Toda a estrutura do local foi consumido pelas chamas do fogo. 

A Orla Ferroviária 

Em agosto de 2016, a prefeitura anunciou que a população poderia aproveitar a Ocupação da Orla Ferroviária com feira de Orgânicos, Antiguidades, palestras de educação ambiental. As atividades começavam a partir das 17h até às 22 horas.

A orla tem 900 metros e se estende da Avenida Mato Grosso à Avenida Afonso Pena com um espaço na área central da cidade cujos elementos arquitetônicos retratam importante período do desenvolvimento da cidade.

O local também seria utilizado para um espaço gastronomico, mas o projeto não saiu do papel. 

Veja também