zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Em tempos de crise, comércio de Campo Grande aposta no Dia dos Pais para 'salvar o mês'

Gerente de loja de vesturário acredita que as vendas vão triplicar no dia que antecede a data

10 AGO 2017
Kerolyn Araújo
19h00min

Em um momento onde o país passa por uma enorme crise financeira, o comércio campo-grandense continua mantendo-se confiante em relação às vendas para o Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo (13).

No centro da cidade, o movimento já começou e é visto como uma boa oportunidade aos lojistas, que apostam em boas promoções para fidelizar clientes. Em uma loja de roupa masculinha localizada na Avenida Afonso Pena, a expectativa é a melhor possível.

"Por mais que estejamos passando por um período de crise, a data é especial e todo mundo acaba dando presente, nem que seja uma lembrancinha. No Dia dos Namorados o movimento cresceu e esperamos que agora no Dia dos Pais as vendas sejam boas também", disse a gerente Ana Campos.

Em outra loja de vestuário na rua 14 de Julho, as promoções são as grandes apostas. Segundo o gerente Paulo Henrique Cintra, vários produtos estão em promoção desde julho e a expectativa é que as vendas sejam intensas na véspera da comemoração. "Esse ano as vendas já estão sendo bem melhores do que no ano passado. Acredito que no sábado as vendas tripliquem", comentou.

Conforme uma pesquisa divulgada pela Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismos do Estado de Mato Grosso do Sul), o Dia dos Pais deste ano deve injetar aproximadamente R$ 80 milhões no comércio do Estado.

Ainda de acordo com a pesquisa, 39,4% dos entrevistados pretendem comprar artigos de vestuário, 13,8% calçados, 13% perfumes, 10,7% carteira/cinto, 13,9 não sabem e 9,1 outros presentes.

 

Veja também