(67) 99826-0686

Criança de 8 anos consegue sair de carro após capotagem e pede ajuda para família

O garoto conseguiu sair do veículo e ir até uma estrada para pedir ajuda para família que estava presa no veículo

12 JUL 2017
Anna Gomes
09h05min
O bebê é o único que sofreu ferimentos mais graves. Foto: Maykon Junior

A capotagem de um veículo deixou pelo menos cinco pessoas feridas, entre elas, um bebê de apenas nove meses, que sofreu ferimentos mais graves. O fato aconteceu na tarde desta terça-feira (11), em uma estrada vicinal de Rio Brilhante, município distante aproximadamente 160 quilômetros de Campo Grande.

O veículo, um Fiat Uno cor prata com placas NSC 2187,de Dourados, era conduzido por  Elka Carla Ferreira Santos, 25, e tinha como passageiros seu filho Luiz Felipe Ferreira Vargas de 8 anos, sua cunhada Katiussa Vargas,17, Maria Rosa Lemos Santos ,59, e um bebê de nove meses filho de Katiussa, que segundo a família viajava em uma cadeirinha no banco traseiro.

Conforme o site Rio Brilhante em Tempo Real, o Fiat Uno seguia no sentido Rio Brilhante onde todos os ocupantes moram, quando Elka teria perdido o controle do carro e capotado após passar por uma ponte na estrada de terra, conhecida como "Estrada da Boa Vista”. Em seguida, o carro saiu da pista, e foi parar em um matagal.

Logo após o acidente, mesmo com a pouca idade e sem sofrer ferimentos graves, apenas escoriações nas costas e braço esquerdo, o menino de oito anos, saiu do carro e correu até a estrada, onde foi em busca de ajuda para os demais ocupantes. Ele conseguiu acenar para o motorista de um caminhão que passava pelo local, imediatamente o homem prestou socorro às vítimas.

"Levantei a mão e ele parou”, disse Luiz Felipe, em frente ao hospital após receber atendimento. Segundo familiares como Luiz reclamava de algumas dores nas costas eles iriam pedir um exame de Raio-X. Ambulâncias da secretaria de saúde de Rio Brilhante foram acionadas e encaminharam as vítimas ate o hospital local.

Ainda de acordo com o site local, algum tempo depois Elka já havia recebido alta médica, Maria Rosa continuava em observação, Katuissa não sofreu ferimentos e estava apenas acompanhando o pequeno Arthur Benício de 09 meses que inspirava mais cuidados. Segundo os médicos ele seria internado e já foi pedida uma vaga de urgência para um hospital de Dourados. Ele teria batido a cabeça durante a capotagem e sangrava pelo nariz.

Segundo os policiais militares, que atenderam a ocorrência, pelo estado em que o veículo se encontra, foi um milagre todos escaparem com vida. ”O carro praticamente acabou, podemos dizer que nasceram de novo”, disse um militar.

A motorista relatou que todos usavam cinto de segurança, e isso pode ter evitado que as pessoas pudessem ser arremessadas para fora. "Seguíamos devagar, não estava correndo”, disse Elke. De acordo com ela, a estrada está bem ‘’cascalhada’’.

O caso foi registrado pela Policia Militar, e será encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. O Fiat Uno foi guinchado até uma fazenda da região. A condutora é habilitada e não apresentava sinais de embriaguez.

Veja também