Corrida Cassems
(67) 99826-0686

Responsável por atropelamento triplo se apresenta e diz que não prestou socorro por medo

Lucas afirmou que ficou com medo de ser linchado e fugiu para a casa da mãe

12 SET 2017
Dany Nascimento
10h46min
Foto: Maikon Leal

O responsável pelo atropelamento de três pessoas no último sábado, no bairro Senhor Divino em Coxim, no município de Coxim, se apresentou na polícia na tarde de ontem, confirmando que atropelou Valdiléia Pereira Santos, de 33 anos e mais duas adolescentes. Lucas Luiz Ferreira de Oliveira, de 22 anos, conduzia veículo Ford Escort, placas de Coxim e acabou prensando Valdinéia contra um portão, atropelando outras duas adolescentes em seguida.

Valdiléia estava fechando o portão quando foi atropelada pelo carro, que em seguida, atingiu sua filha de 12 anos e a amiga de 15 anos.  As vítimas foram atingidas após uma confusão com Vanderson Pereira Santos, de 31 anos. Devido à gravidade dos ferimentos, Valdiléia foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande.

Após o acidente, o condutor do carro fugiu  sem prestar socorro ás vítimas. A polícia realizou rondas na região, mas não encontrou Lucas.  Conforme o Coxim Agora, a delegada responsável pelo caso, Silvia Elaine Girardi dos Santos afirmou que Oliveira se apresentou sem advogado e relatou que foi buscar seu irmão nas proximidades quando se deparou com uma briga generalizada e ao tentar sair do local, acabou atingindo acidentalmente as vítimas que estavam em frente a casa.

Ele disse que não parou para prestar socorro por medo de ser linchado, já que os indivíduos que estavam na residência passaram a jogar objetos e bater no veículo. Lucas contou que após o acidente, foi para a residência de sua mãe na rua Projetada, no bairro Vale do Taquari, onde escondeu o carro.

Após se apresentar, o autor levou os investigadores até o local, o veículo foi apreendido e levado para o pátio da 1ª Delegacia de Polícia Civil. Porém, segundo a polícia uma testemunha relatou que Lucas subia e descia pela rua com intenção de atingir as vítimas que estavam na calçada.

Lucas será indiciado pelo crime de tentativa de homicídio na forma dolosa, quando há intenção de matar, e deve responder em liberdade por ter saído do flagrante.

Veja também