vestibular fapec ufms
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
cidade natal pmcg

Corretor de imóveis é assassinado em casa e família suspeita de esposa

Corpo foi encontrado pela filha; esposa e filho de nove anos estão fora de contato

1 DEZ 2017
Amanda Amaral
14h55min
Foto: Wesley Ortiz

O corretor de imóveis Ivan Junior Marquezan da Cunha, 55, foi encontrado morto em cima de sua cama nesta sexta-feira (1º), na residência onde vivia na Vila Bandeirantes, Campo Grande. A suspeita é que o crime tenha sido cometido pela própria esposa, Dirléia Patrícia Monteiro, 38, que é considerada desaparecida, assim como o filho de nove anos do casal, que possui necessidades especiais.

O corpo apresentava ferimento na cabeça e foi visto por sua filha, que foi até a residência na Rua Vicente Solari, 96, na companhia de policiais após perceber o arrombamento e furto de dinheiro e documentos na imobiliária Marckezan, que pertencia à vítima, no bairro Amambai. Foi preciso auxílio de um chaveiro para entrar na casa pela manhã, e a possibilidade é que a morte tenha ocorrido durante a madrugada.  

Familiares da vítima que estiveram no local acompanhando a perícia informaram que todas as pistas apontam para que haja envolvimento da esposa, que havia levantado suspeita de estar roubando dinheiro do corretor. Ela era casada há mais de dez anos com ele e é proprietária de uma clínica de estética.

A suspeita também se baseia no fato de que a mulher saberia mexer no sistema de monitoramento da casa e não foram encontradas imagens registradas pelas câmeras de segurança. Há possibilidade que haja envolvimento de seu irmão, que já teria tentado assassinar o cunhado. 

Outros familiares de Dirléia também estariam aparecidos, levando os documentos furtados, dinheiro, pertences da casa e em posse de dois veículos, uma Mistubishi Pajero da cor verde e um Ford Fusion da cor prata.

A polícia e perícia permanecem no local para identificar a causa e circunstância da morte. O caso está sendo investigado pelo delegado Moura Fé.                    

Veja também