(67) 99826-0686
PMCG IPTU 2019

VÍDEO: câmera mostra militar lutando contra assaltante antes de ser baleado e morrer

O jovem militar de 23 anos foi morto após ser atingido por dois tiros

13 JUN 2018
Anna Gomes
09h19min
Foto: Reprodução

Imagens de uma câmera de segurança mostram o exato momento em que o militar da aeronáutica, Rafael Lucas Soares, de 23 anos, reage ao assalto e acaba morrendo após ser atingido por dois tiros desferidos pelo assaltante João Victor Gomes Costa. O crime aconteceu no começo da noite desta terça-feira (12), na Rua Bacaba, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande.

O vídeo mostra Rafael usando o aparelho celular. Pouco tempo depois, João se aproxima em uma motocicleta e anuncia o assalto. Para a surpresa do criminoso, Rafael reage e parte para cima do bandido, que atira duas vezes.

Um dos disparos atingiu a perna esquerda da vítima, já o outro, atingiu o tórax do rapaz.  Após o crime, João fugiu a pé. Nas imagens ainda é possível ver populares se aproximando da vítima. O socorro chegou a ser acionado, mas o militar não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo em frente a própria casa.

Assaltante é preso logo após matar o militar

Quando João fugiu do local, acabou abandonando a motocicleta e a chave do veículo. Após investigações, os policiais conseguiram chegar até o dono da moto, identificado como Evandro Modenesi, que mentiu ter sido vítima de furto.

Evandro estava usando uma tornozeleira eletrônica por cumprir pena de roubo e disse para sua mãe registrar o boletim de ocorrência. Uma pessoa, parente do suspeito, acabou revelando toda verdade.

(Vítima foi assassinada durante um assalto- Foto: Reprodução/Facebook)

O homem destacou que João Victor pegou a motocicleta emprestada de Evandro. Algum tempo depois, o assassino ligou avisando o que havia acontecido e que tinha acabado de matar uma pessoa.

Segundo os policiais, Evandro sabia de todos os fatos e disse ter sido vítima de furto para atrapalhar as investigações do crime. João Victor foi localizado pela polícia na casa da sogra, no Bairro Aero Rancho, região sul da Capital.

A polícia diz que ele assumiu o crime e que realmente matou Rafael por ele ter reagido ao assalto. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga.  João foi preso em Flagrante e Evandro também foi levado pelos policiais e deve responder por falso testemunho.

Veja o vídeo:

Veja também